domingo, 15 de setembro de 2019

Acidente com três veículos na BR-153

setembro 15, 2019 0
Três veículos se envolveram em um acidente na BR 153 próximo à ponte do rio Uruguai, no Rio Grande do Sul. A batida foi grave e ocorreu próximo ao Bar da Ponte, por volta das 20h deste domingo, 15 de setembro.

Dois carros com placas de Concórdia se envolveram na colisão. Um O casal que estava em um Cross Fox teve ferimentos graves. A mulher teve suspeita de fratura no fêmur e o homem bateu a cabeça e teve ferimentos no rosto . No Corola, também de Concórdia, a condutora ficou encarcerada, mas foi conduzida ao hospital pelos bombeiros já consciente.

O outro veículo envolvido nesta colisão foi Ford Fiesta com placas de Severiano de Almeida. Nele estavam uma família de cinco pessoas, sendo que quatro apresentaram ferimentos leves e um deles nem chegou a se machucar. A polícia ainda vai apurar as causas do acidente.

Fonte: Jocimar Soares / Analu Slongo - Rádio Aliança




sábado, 14 de setembro de 2019

Mulher fica ferida após colisão de moto e carro em Piratuba

setembro 14, 2019 0
Uma mulher que era carona de uma moto ficou ferida após uma colisão com um carro. O acidente ocorreu na manhã deste sábado (14), na Rua Alberto Luersen Júnior, no Bairro Ulisses Guimarães, em Piratuba. O Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência.

No local, foi constatado que com a colisão o automóvel acabou acertando a perna da mulher. Ela apresentava uma suspeita de fratura na perna esquerda e foi atendida pelos bombeiros.

Após os bombeiros realizarem os procedimentos pré-hospitalares, a mulher foi conduzida ao Hospital de Piratuba/Ipira, para avaliação médica, posteriormente transferida ao Hospital São Francisco de Concórdia, para exames complementares.

Foto por: Corpo de Bombeiros Militar de Piratuba


Motociclista tem suspeita de fratura na perna após colisão com carro em Capinzal

setembro 14, 2019 0
Uma colisão entre carro e moto na madrugada deste sábado (14) deixou uma pessoa ferida na área central de Capinzal. O acidente aconteceu por volta das 4h e envolveu uma Yamaha Fazer e um Gol, ambos com placas de Capinzal.

De acordo com a Polícia Militar, pela posição dos veículos, a moto transitava pela Avenida XV de Novembro enquanto o Gol pela Rua Presidente Nereu Ramos. Os dois seguiam em direção a Cidade Alta, vindo a ocorrer o choque transversal.

A motocicleta ao ingressar no cruzamento foi arremessada no pátio do posto de combustível. O condutor do automóvel deixou o local, porém, testemunhas informaram que o mesmo era conduzido pelo masculino R. F. e que este apresentava sinais de embriaguez.

A guarnição colheu o depoimento das testemunhas, em seguida deslocou até o hospital Nossa Senhora das Dores, onde o motociclista de iniciais I.K. de 57 anos foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros. Os militares foram informados que a vítima seria transferida para o Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) de Joaçaba.

Conforme os Bombeiros, com o impacto, a vítima teria sido arremessada numa distancia de aproximadamente 10 metros. Durante a avaliação, o homem apresentava suspeita de fratura na perna esquerda, reclamava de dor na coluna torácica e cervical.

Os policiais liberaram a motocicleta para familiares. A via do boletim de ocorrência e guia de requisição de exame de corpo de delito foi entregue para o filho da vítima. O Gol foi recolhido pelo guincho credenciado.

Fonte: Rádio Capinzal


Polícia Militar flagra dois condutores sem habilitação em Piratuba e Ipira

setembro 14, 2019 0
Dois condutores sem habilitação foram autuados pela Polícia Militar na noite de sexta-feira (13), em Piratuba e Ipira.

Uma das autuações realizadas pelos militares ocorreu na Rua Santa Catarina, em Piratuba. Já a segunda, aconteceu na XV de Agosto, em Ipira.

Após os militares realizarem as autuações, os veículos foram liberados para uma pessoa habilitada.


sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Atividade Econômica acelera no segundo trimestre em Santa Catarina

setembro 13, 2019 0
O Índice de Atividade Econômica de Santa Catarina teve um crescimento de 3,9%. É o que aponta o Boletim de Indicadores Econômico-Fiscais de agosto, lançado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE). O índice foi calculado com base nos indicadores de 12 meses encerrados em junho deste ano, na comparação com o período anterior.

Esse crescimento mostra uma aceleração da economia estadual no segundo trimestre, já que em março o indicador apontava crescimento de 2,9%. O Brasil cresceu 0,96% no mesmo período, um pouco abaixo da taxa de 2018, de 1,1%.

“Santa Catarina vem despontando como um dos estados de maior crescimento nos últimos meses. Temos uma economia diversificada e um ambiente de negócios entre os mais competitivos do país. O Estado mantém a menor taxa de desemprego do Brasil e amplia a oferta de empregos formais, que vem crescendo bem acima da média nacional”, avalia o secretário da SDE, Lucas Esmeraldino.

O boletim mostra ainda que nos últimos 12 meses, foram 61,6 mil novos postos de trabalho criados no estado. Além disso, o emprego formal cresceu, até julho, 3,1% em um ano, enquanto no país o crescimento foi de 1,4%.

De acordo com o economista da SDE, Paulo Zoldan, os resultados explicam, em grande parte, a melhora na expectativa dos empresários da indústria e do comércio e também da intenção de consumo das famílias.

Mais detalhes da evolução da atividade e econômica de Santa Catarina e outros dados fiscais no boletim disponível neste link.

Fonte: ASCOM


Leilão de Bens Móveis e Imóveis foi realizado em Capinzal

setembro 13, 2019 0
A Administração Municipal de Capinzal realizou nesta quinta-feira o Leilão de Bens Móveis e Imóveis conforme Processo Licitatório nº 0137/2019.

Dos 23 itens que foram a leilão, 19 foram vendidos, gerando um lucro de pouco mais de R$250 mil. Os demais itens que não foram vendidos serão reavaliados.

O Bem imóvel de área de 230mil metros quadrados no valor de R$573 mil não foi vendido, porém será reavaliado dentro de alguns dias.

Fonte: Ascom


Escolinha de futebol de campo incentiva jovens atletas em Piratuba

setembro 13, 2019 0
As atividades da Escolinha de Futebol de Campo do Departamento Municipal de Esportes – DME começaram no mês de abril deste ano. Cerca de 30 jovens, com idade entre 13 e 16 anos participam das aulas nos gramados da Associação Atlética Riopeixense, nos fins de tarde das terças e quarta-feiras. O trabalho que é comandado pela professora Geovana Dave.

A expectativa do DME é que em breve a equipe possa estrear em amistoso, mostrando os avanços no futebol ensinado na escolinha. O projeto conta com o apoio da Prefeitura de Piratuba, por meio de um projeto de incentivo, patrocinado por uma empresa privada.

Fonte: Ernoy Mattiello


A 2ª EXPO Ipira acontece de 04 a 06 de outubro

setembro 13, 2019 0
O evento acontece de 04 a 06 de outubro, no Parque de Exposições “Caminhos da Integração” em Linha Capelinha, reunindo em um único espaço, feira cultural regional, shows regionais e nacionais, exposição comercial, industrial, agricultura e praça de alimentação. O trabalho está sendo coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Indústria e Comércio.

Na sexta-feira, dia 04, às 09h, acontece a abertura dos portões e a feira do livro, promovida pela E.E.B Carlos Fries, contando com teatros, musicais, exposição de desenhos e caricaturas. A solenidade de abertura oficial acontece às 20h e logo após, às 22h, show nacional com Gilberto e Gilmar.

Dia 05, sábado, a feira do livro continua pela manhã, com início às 09h. À tarde, a programação se divide entre o show de talentos, com o Festipira, Festival de Danças Regionais e um espaço destinado aos produtores de leite  na 17ª Mostra da Terneira, com palestras e avaliação dos animais.  À noite, formatura das alunas do Tecer Moda, que apresentam na passarela peças conceituais e comerciais, com foco na coleção primavera-verão 2020. Em seguida, show das bandas Porto do Som e Banda Virtual.

Encerrando a programação, no dia 06 de outubro, a feira do livro tem continuidade pela manhã. Às 08h30min, a rádio Piratuba FM utiliza o palco alternativo da expo para transmitir ao vivo seus programas e às 10h, inicia o 1º Torneio de Robótica Inspiração, na arena de shows. À tarde, ainda tem o show infantil com os Peraltas e no final da tarde, show gaúcho com Tchê Barbaridade.
A feira ainda oferece espaço para a exposição de veículos leves e pesados, máquinas e equipamentos agrícolas, flores, artesanatos, móveis, vestuário, exposição com fotos de casas antigas, artesanato e parque infantil.

Os espaços para expor produtos e serviços já estão sendo comercializados. Para isso, o contato deve ser feito na Prefeitura Municipal de Ipira ou pelo telefone (49) 3558-0423, no Setor de Tributação, com Giandra ou, diretamente com o Secretário Municipal de Cultura, Turismo, Indústria e Comércio, Oladimir Odi Rese, no (49) 3558 0104 ou (49) 9 9 805 8259.


Trabalhador sofre queda de andaime no centro de Capinzal

setembro 13, 2019 0
Trabalhador sofre queda de andaime no centro de Capinzal
Um trabalhador de 49 anos foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros no começo da noite desta quinta-feira (12) após cair de um andaime com aproximadamente dois metros de altura.

A ocorrência foi registrada pouco antes das 19 horas na Rua José Zortéa, centro de Capinzal. A vítima de iniciais J.O. apresentava suspeita de hemorragia interna na região do abdômen. Quando resgatado estava consciente, orientado e sinais vitrais estáveis, mas reclamando de muitas dores.

Após os primeiros socorros, o homem foi encaminhado ao Hospital Nossa Senhora das Dores e posteriormente transferido para o Hospital Universitário Santa Terezinha de Joaçaba.

Fonte: Rádio Capinzal


Incêndio destrói veículo e parte de barracão em Lindenberg

setembro 13, 2019 0
Um veículo e parte de um barracão foram destruídos por incêndio na noite desta quinta-feira (12) na comunidade de Lindenberg, interior de Capinzal.

O sinistro teria iniciado por volta das 20h30min. O Peugeot 206, placa DEM 5295 de Maringá (PR) estava estacionado há 4 meses no local. Na segunda semana três pneus foram furtados e o quarto subtraído recentemente.

Para o combate das chamas e o rescaldo, os Bombeiros utilizaram cerca de 3 mil litros de água. As causas do incêndio são desconhecidas. Ninguém se feriu.

Fotos e informações - Douglas Varela - Rádio Capinzal e Jornal A Semana



quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Um novo olhar para o marketing de Piratuba

setembro 12, 2019 0
Para quem caminha pelas ruas de Piratuba com um olhar mais atento, certamente pode notar que o comércio e os hotéis têm se preocupado mais com a identidade visual, seja pelas fachadas, vitrines, exposição da marca e pelo cuidado em oferecer ambientes cada vez mais aconchegantes.
Há um certo tempo, não muito distante, era comum observarmos placas com quantidades exageradas de informações e cores gritantes, de tamanhos desproporcionais com as salas e havia ainda os lojistas que incluíam todos os produtos que vendiam. Hoje, isso vem mudando positivamente. Basta dar uma olhadinha no layout das placas de identificação da maioria do comércio, além dos outdoors dos hotéis nas rodovias próximas à nossa cidade. Estão mais "limpos", com a marca da empresa em destaque e bem mais clean.
Outro ponto positivo é a presença constante nas mídias sociais com posts bem elaborados, seja por conta própria ou através de uma agência de marketing, no caso de boa parte dos hotéis. Claro que uma agência especializada, se for competente, vai realizar um trabalho melhor e apresentar os resultados em números reais, sem levar em conta apenas as "curtidas". Aliás, cuidado com as famosas curtidas e o número de seguidores. Nem sempre eles garantem o sucesso das vendas. No marketing digital temos um termo que chamamos de "métricas da vaidade", ou seja, muitas curtidas e poucas vendas. Se as suas postagens estão recebendo um bom número de curtidas, porém, suas vendas não seguem o mesmo ritmo, é hora de rever a estratégia (não esqueça que o Instagram parou de exibir o número de curtidas e o Facebook já estuda fazer o mesmo). Contudo, os esforços de quem ainda não pode contar com uma agência são válidos. Há lojas de roupas piratubenses, por exemplo, que mandam muito bem nas redes sociais com um trabalho interno e belos looks que chamam a atenção do público.
Vale lembrar também das ações de lançamento das coleções. É muito legal ver lojas de roupas e calçados promovendo eventos bem organizados a cada estação do ano. Não precisamos mais ir para outra cidade ou comprar somente pela internet. Tem muita coisa de qualidade e bonita por aqui. Com os (as) proprietários (as) e as equipes continuamente antenados, tem loja de Piratuba mais atualizada do que o comércio de cidades maiores. 
Encerrando o artigo, alerto para que nunca paremos de divulgar Piratuba, independentemente do momento em que vivemos, que pode vir a ser de grande movimentação de visitantes ou de necessidade de aumentarmos a demanda de turistas. Você acha, por exemplo, que a Coca-Cola precisaria divulgar o seu refrigerante? Todo mundo conhece e consome, mas ela jamais parou de exibir a sua marca e investir milhões em marketing e propaganda. A cada Natal, não tem como não lembrar do caminhão vermelho e dos belos ursos polares. Portanto, caro (a) leitor, quem somos nós para não divulgarmos as nossas marcas? Vamos em frente, Piratuba! 
Tiago Cowacicz - Publicitário/Produtor de Conteúdo Web 

Retorno da autoridade provocou queda da criminalidade, diz ministro

setembro 12, 2019 0
Em Florianópolis, Jorge Oliveira disse que desconstrução da autoridade encoraja o criminoso e defendeu mais segurança jurídica ao policial.

Em Florianópolis, o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, disse que a redução da criminalidade registrada no país tem relação com a volta da figura da autoridade. Segundo ele, o Brasil atravessou nos últimos anos um processo de "desconstrução da autoridade" e "isso encoraja o criminoso". Oliveira participou de um evento sobre segurança pública promovido pela Polícia Militar e pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), no Hotel Majestic, nesta quarta-feira (11).

Para Oliveira, a melhoria dos números no país e também em Santa Catarina tem origem na liberdade gerada para agentes e para instituições de segurança. Ele diz que hoje existe mais respaldo institucional e segurança jurídica para os policiais atuarem no combate ao crime, o que "gerou um efeito dissuasório na criminalidade".

"Mas não podemos ficar somente nisso", afirmou. Ele aproveitou para citar o projeto Em Frente Brasil, iniciativa piloto do governo federal para reduzir a criminalidade. O Planalto escolheu cinco cidades do país com altos índices de violência, uma em cada região, para testar uma atuação conjunta do poder público com União, estados e municípios em áreas não apenas de segurança, mas também em saúde, educação, esporte e lazer. A representante do Sul é São José dos Pinhais, no Paraná.
Oliveira diz que é necessário resgatar símbolos de cidadania para que a criminalidade possa ser cortada pela raiz. Segundo ele, "a violência é reflexo da falência da relação com a religião, família, e instituições" e pode ser combatida com a geração de emprego e renda para a população.

Efeitos econômicos
Ainda durante o governo de Michel Temer (MDB), o Palácio do Planalto realizou um estudo para mensurar os prejuízos causados pela falta de segurança no país. Segundo o documento, a violência impacta até 6% do PIB nacional de forma direta, sem medição de efeitos indiretos, como danos psicológicos.

O estudo aponta ainda uma curva crescente de custos para o poder público. Na conta estão os gastos com auxílio reclusão, gastos administrativos, ao sistema penal, ao Judiciário, perdas materiais, entre outros. Calcula-se que esse custo, em 2015, tenha chegado próximo a R$ 300 bilhões, quase o triplo dos pouco mais de R$ 100 bilhões gastos em 1996.
Além disso, a conta com prejuízo às vítimas também é alta. A pesquisa calcula em R$ 450 bilhões as perdas de capacidade produtiva devido a violência às pessoas, em sua maioria jovens com até 34 anos e potencial de crescimento profissional.
"A violência também é uma grande inibidora da intenção de investir", disse Oliveira. O medo impacta diretamente no custo de propriedades, no consumo das famílias, no investimento, no turismo, no aumento do custo com seguro, e em outras áreas, que geram perdas importantes à produtividade.

O evento
O 1º Encontro Estadual de Segurança 'SC mais segura' reuniu, além do ministro, o governador Carlos Moisés da Silva, os secretários Douglas Borba (Casa Civil) e Carlos Alberto Araújo Gomes Júnior (Segurança Pública). Também estavam presentes o procurador-geral do Estado, Fernando Comin, o presidente da Facisc, Jonny Zulauf, da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, e da Fecomércio/SC, Bruno Breithaupt, e os deputados estaduais Luiz Fernando Vampiro e Sargento Lima.

Murici Balbinot/ RCN


Mais 79 alunos iniciam o PROERD em Machadinho

setembro 12, 2019 0
O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD, já tem 27 anos no Brasil e há 11 anos é desenvolvido no município de Machadinho. Neste ano a turma conta com 79 participantes, alunos do 5º ano da rede pública estadual e municipal. O projeto é realizado pela Brigada Militar, em parceria com o município de Machadinho, Consepro, Consórcio Machadinho e a Engie Brasil Energia.

A aula inaugural da turma foi realizada na quinta-feira, dia 05 de setembro, na Câmara de Vereadores de Machadinho e contou com a presença de todos os alunos, professores e o mascote do PROERD. Cada aluno recebeu um kit especial com material escolar e mochila personalizada.

No final do projeto os alunos terão a formatura com entrega de certificado de conclusão, medalha, além da premiação para a melhor redação. O principal objetivo do Proerd é construir um mundo com pessoas capacitadas para respeitar os outros e escolher conduzir suas vidas livres do abuso de drogas, da violência e de outros comportamentos perigosos.

Para mais informações sobre os projetos sociais e a Usina Hidrelétrica Machadinho acesse: www.machadinho.com.br.


Ana Paula Roncaglio Spudeit


Administração Municipal irá proporcionar cursos para moradores do Loteamento da Nova Capinzal

setembro 12, 2019 0
Em reunião feita no Centro Educacional Prefeito Celso Farina com os moradores do Loteamento Nova Capinzal, o Secretário de Assistência Social Thiago Casara, a Assistente Social da Diretoria de Habitação Priscila Previde, e o representante do SENAI Gabriel Antunes Pires informaram aos moradores que a Administração Municipal em parceria com o SENAI, estará proporcionando dois cursos gratuitos para o aproveitamento dos mesmos.

O primeiro curso terá duração de 14 horas, será para as mulheres a partir de 14 anos e terá como tema “O despertar feminino”, tendo no máximo 30 mulheres por turma, e o outro curso terá carga horária de 98h e terá como tema “Elétrica Residêncial e Fabricação Mecânica ”  afim de profissionalizar  os habitantes.

As inscrições poderão ser feitas através da Casa do Cidadão ou na Diretoria de Habitação. Os interessados deverão informar seu nome e número de telefone.

Fonte: ASCOM


Bombeiros de Piratuba combatem focos de incêndio em vegetação em Lageado Mariano

setembro 12, 2019 0
Os bombeiros foram acionados por volta das 23h13min de quarta-feira (11), para combater um incêndio em vegetação na Linha Lageado Mariano, Piratuba. Eles combateram aproximadamente nove focos que se estenderam até as proximidades da empresa de lixo Nei, na SC-150.

Populares relataram aos bombeiros que visualizaram um motociclista suspeito no momento que começaram as chamas, parando pelo local. A hipótese do incêndio ter sido criminoso não esta descartada.

Trabalharam no combate ao incêndio sete bombeiros, que precisaram mais de uma hora para amenizar os focos.

A comunidade pode auxiliar os bombeiros. Caso alguém aviste um suspeito, pode anotar a placa do veículo e repassar para a Polícia Militar.

Fotos enviadas por Luiz:





Incêndio atinge reflorestamento de eucalipto, em Zortéa

setembro 12, 2019 0
Zortéa – Um incêndio em vegetação mobilizou o Corpo de Bombeiros de Capinzal na noite desta quarta-feira (11) no município de Zortéa. O fato ocorreu em região da área central da cidade. As guarnições foram acionadas por volta das 19h15min e deslocaram até as imediações do cemitério municipal.

De acordo com as informações, o fogo atingiu a vegetação seca às margens da estrada e parte de um reflorestamento de eucalipto. As chamas atingiram cerca de cinco metros de altura. Foram utilizados cerca de três mil litros de água para controlar o fogo e fazer o rescaldo.

Posteriormente, o Corpo de Bombeiros foi até a comunidade de Vista Alegre, interior de Capinzal, onde ocorria um incêndio em vegetação nas proximidades de uma granja. Chegando ao local as chamas já haviam sido controladas pelos funcionários da granja.

Fonte: Michel Teixeira



quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Emenda do projeto que define funcionamento da feira do artesanato de Piratuba é rejeitado. Presidente sugere que a Câmara feche as portas

setembro 11, 2019 0
Emenda do projeto que define funcionamento da feira do artesanato de Piratuba é rejeitado. Presidente sugere que a Câmara feche as portas
A emenda proposta ao projeto legislativo que tinha por objetivo a criação, instituição e funcionamento da feira de artesanato, que tramite há mais de 30 dias, foi rejeitada por 5 votos a 3. Os votos contrários a emenda do projeto seguiram o parecer da Comissão de Constituição e Justiça e da assessoria jurídica da casa, que apontaram inconstitucionalidades na emenda ao projeto. 

O vereador Jonatan Spricigo (PT), que foi um dos autores do projeto, lamentou a decisão e a demora na apro9vação do projeto. “A feira existe há mais de seis anos. Pensamos em apenas dar segurança jurídica com a institucionalização da atividade. Nós vamos continuar apoiando os artesãos para resolver essa questão”.

A vereadora Marli Buselatto (MDB), que pediu vistas, apresentou uma emenda alterando o projeto original. “Nossa discussão está pautada principalmente na questão do local. Procuramos o presidente da Cia Hidromineral e sugerimos, através de um pré projeto elaborada por uma arquiteta, que fosse feito ali a “Vila do Artesanato”, aonde é a Praça do Chafariz. O Jair Gomes também nos disse que a empresa já estuda mudanças e a modernização daquele espaço. Eu sei que nós vereadores não podemos criar gastos. Já o poder executivo pode. Então, eu tenho o projeto aqui pronto, posso passar para o prefeito e ele encaminhar para esta casa que nós vamos resolver essa questão. Temos que apenas seguir os trâmites legais”, explicou.

A vereadora Mareci Stemcoski (PSD) lembrou que essa proposta deveria ter partido do Poder Executivo e não do Poder Legislativo. “Sou a favor de que essa situação seja resolvida. Uma das minhas sugestões é comprar um container e utilizar a Praça do Ferroviário. Fazer uma coisa bem organizada. A Praça do Chafariz também pode ser usada. O município é o maior acionista da empresa, então sim, esse local é uma alternativa. Criar a “Vila do Artesanato” é uma boa alternativa”.

Mareci ainda sugeriu uma série de questões que precisam ser avalizadas pelos órgãos públicos, entre elas, os produtos que podem ser comercializados nesse espaço. “A prefeitura deve fiscalizar para que realmente sejam comercializados apenas produtos do artesanato local, que sejam produzidos no munícipio. Pessoas me falaram que se vende coisas que não encaixam nesse projeto, tipo do Paraguai, por isso tem que fiscalizar”.

O vereador Alcides Gomes (MDB) enfatizou que o prefeito pode resolver a situação através de um decreto. “A ideia do projeto foi bem-intencionada pelos colegas, mas há divergências legais. O prefeito pode resolver essa questão por decreto. Não precisa de lei. Também sugiro que se use o espaço da praça da companhia para a feira”.

O presidente da casa, Luiz Henrique da Silva (PSB), usou a palavra livre e fez duras críticas aos colegas que rejeitaram o projeto. “Nós temos uma Câmara de Vereadores que foge de seus compromissos. Temos projetos para votar e sempre temos colegas que tentam empurrar para o Executivo. Podemos fechar as portas dessa Casa! Não precisamos mais da Câmara de Vereadores de Piratuba, é uma vergonha! Os vereadores precisam resolver os problemas, ter ações. Estão fazendo uma confusão desnecessária sobre essa questão. Só falta alguém passar aqui e jogar uma lona colorida nessa casa para virar um circo. Fico muito triste com isso”.

Estelionatários clonam número de telefone de empresário de Ipira e pedem dinheiro aos contatos

setembro 11, 2019 0
O empresário Tarcisio Wolfart Silva, de Ipira, teve o número do celular clonado na manhã desta quarta-feira, dia 11. Os estelionatários utilizaram o WhatsApp para enviar mensagens aos contatos dele, solicitando dinheiro. Os bandidos pediam valores entre R$ 1.500,00 e R$ 2.700,00, se passando por ele. Nas mensagens os estelionatários diziam que estavam fazendo um pagamento e que estariam sem limite em conta.

Em entrevista à Rádio Aliança Wolfart relatou que alguns amigos o avisaram sobre a tentativa de golpe. “Recebei algumas ligações de amigos, me perguntando sobre o pedido de dinheiro e me alertando sobre a clonagem. Foi aí que percebi”, contou. “Fui avisando o pessoal e ninguém depositou”, destacou ele.

O empresário fez postagens no Facebook alertando as pessoas sobre o caso e pedindo que ninguém depositasse nada. Ele também fez contato com o WhatsApp para pedir o bloqueio da conta no aplicativo. “Entrei no site do WhatsApp e por lá consegui informar a situação e bloquear o número. Pelo que constatei não houve mais envio de mensagens para meus contatos”, ressaltou.

Como clonaram:

Tarcisio contou que anunciou a venda de um carro em um site de negócios. Segundo ele, depois da postagem, recebeu uma ligação de uma pessoa que se dizia servidor da empresa de venda. Ela dizia que precisava “validar” um código. “A pessoa seguia um protocolo, muito bem elaborado, pedindo para que eu fizesse um procedimento no meu anúncio”, detalhou o empresário.

Ele acredita que os golpistas pegaram o número do telefone dele no anúncio e a partir daí, fizeram o contato e a “manobra” que permitiu a clonagem.

Fonte: Cristiano Mortari - Rádio Aliança





Instituto Erechinense de Previdência é o primeiro RPPS a abrir conta e investir recursos na Sicredi UniEstados

setembro 11, 2019 0
Cooperativa de crédito pode captar recursos dos Regimes
Próprios de Previdência Social de servidores públicos e beneficiar municípios

Desde o dia 3 de setembro, o Instituto Erechinense de Previdência (IEP) - responsável pela condução dos benefícios de aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, salário-família, auxílio-reclusão e pensão por morte dos servidores públicos concursados do Município de Erechim - passou a ser o primeiro Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) a abrir conta e investir recursos na Sicredi UniEstados. Na manhã deste dia, foi assinado o contrato correspondente à abertura de conta especial para investimento de recursos dos servidores públicos municipais na cooperativa de crédito. Participaram da cerimônia o Diretor Executivo da Sicredi UniEstados, Elisandro Marmentini; o Gerente da Agência Erechim Santo Dal Bosco, Alecsander Bertolla; a gerente Administrativa Financeira da agência, Vanessa de Andrade Lira; a gerente de negócios e gerente da Conta do IEP, Fernanda Rios Sirena; o Diretor-Presidente do IEP, Renato Toso; e o Diretor Financeiro do IEP, Diones Weber.

Essa parceria foi possível após recente decisão do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE-RS), que emitiu parecer favorável às cooperativas de crédito, para a captação de recursos dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) de servidores públicos. A decisão estabelece que os recursos dos Regimes Próprios de Previdência ou instituídos com a finalidade de pagamento dos proventos aos servidores aposentados e das pensões aos dependentes de servidores falecidos devem, preferencialmente, ser aplicados em bancos públicos ou em cooperativas de crédito. Essa medida iguala o Estado do RS aos demais Estados da Federação, que já permitiam as cooperativas de crédito captarem este tipo de recursos.

Essa decisão permite às cooperativas aproximarem-se, ainda mais, de prefeituras e demais órgãos públicos municipais no RS, complementando os serviços que atualmente já são ofertados a essas entidades, como por exemplo, convênios de folha de pagamento, crédito consignado, arrecadação, entre outros, que está autorizado pela Lei Complementar nº 161, de 04/01/2018 e regulado na Resolução 4.659 de 26/04/2018.

Segundo o presidente da Sicredi UniEstados, Adelar José Parmeggiani, um benefício desta relação está diretamente ligado à comunidade, já que as cooperativas de crédito têm como foco impactar positivamente as regiões onde está presente. “Os resultados positivos gerados pela movimentação financeira nas cooperativas retornam ao associado e, por consequência, para a comunidade onde ele vive. Mais do que oferecer uma alternativa de serviços financeiros, esse passo representa para muitas cidades um melhor desenvolvimento econômico, já que servidores públicos não precisarão mais depender do deslocamento para outras cidades para ter acesso aos serviços financeiros”, afirmou Parmeggiani. Em mais de 200 municípios brasileiros o Sicredi é a única instituição financeira em atividade. Isso evita, também, que parte deste recurso acabe sendo utilizado na cidade em que foi sacado, fazendo com que os recursos potencializem ainda mais a economia local. A Gestora de Recursos do Sicredi possui mais de 250 RPPS cotistas, contabilizando mais de 600 milhões investidos, distribuídos em cinco fundos de investimentos.

Para o Diretor-Presidente do IEP, Renato Toso, “é inegável o papel social exercido pelo Sicredi na comunidade. Possui entrada onde outras instituições financeiras, em regra, não têm. Por recente revisão de entendimento do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, está apto a receber aportes previdenciários dos regimes próprios de previdência social”. Desde o começo deste ano, o IEP manteve conversas com o Sicredi, tendo concretizado um primeiro aporte financeiro neste mês de setembro de 2019. “Encontramos produtos competitivos e com ótima rentabilidade, considerando os limites legais das aplicações. A partir da entrada do Sicredi em nossa carteira de investimentos, acreditamos ter encontrado mais uma ferramenta de fortalecimento da gestão financeira do IEP, destacou Renato”.

O RPPS
O Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) é o sistema de previdência voltado ao servidor público que possui cargo efetivo no Estado, no Distrito Federal, no município ou na União. A filiação dos trabalhadores nesse tipo de regime é obrigatória, assim como o INSS para o trabalhador da iniciativa privada.



Código do Consumidor completa 29 anos; teste seus conhecimentos

setembro 11, 2019 0
Rio de Janeiro - O Procon Carioca faz uma ação, no Centro da cidade, em comemoração aos 29 anos do Código de Defesa do Consumidor. O órgão promove um mutirão online de renegociação de dívidas direto com as empresas no site consumidor.gov.br. Na
O Código de Defesa do Consumidor (CDC), que completa 29 anos nesta quarta-feira (11), foi criado para garantir os direitos da parte hipossuficiente da relação, ou seja, a parte mais fraca, no caso o consumidor.

A legislação, de 11 de setembro de 1990 e que começou a valer no dia 11 de março do ano seguinte, trata das relações de consumo em todas as esferas: civil, definindo as responsabilidades e os mecanismos para a reparação de danos causados; administrativa, fixando os mecanismos para o Poder Público atuar nas relações de consumo; e penal, estabelecendo novos tipos de crimes e as punições para quem não segue a lei.

Hoje a Agencia Brasil apresenta um quiz, um jogo, para que o leitor testar seus conhecimentos sobre os direitos previstos nessa legislação. As respostas foram retiradas do Manual de Direito do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor. 

Quiz

2- Comprei na concessionária um carro novo há dois meses. Ao viajar, o capô apresentou um defeito que impedia a visão do motorista. Quem deve arcar com o reparo?
Os produtos colocados no mercado não podem acarretar riscos à saúde e segurança dos consumidores. No caso, a abertura involuntária do capô gera para o consumidor o risco de acidente. Assim, ele deve solicitar junto à concessionária em que adquiriu o carro o conserto do capô, sem qualquer ônus. Se for constatado que o defeito apresentado também está presente em outros veículos da mesma série de produção, a empresa deverá promover o recall (chamamento), que envolve a comunicação do fato aos órgãos competentes, a ampla divulgação aos consumidores sobre os riscos do produto, bem como a adoção de providências para corrigir o defeito dos produtos já comercializados.

3- Comprei uma TV em loja física. O aparelho apresentou problema. Procurei a assistência técnica indicada no manual. Todas estavam fechadas. Fui à loja e informaram que não podia fazer nada. De quem é a responsabilidade?
O CDC estabelece em seu Artigo 18 que a responsabilidade por vício da cadeia produtiva é solidária. Dessa forma, todos, inclusive as empresas que comercializam os bens duráveis, no presente caso a loja B, respondem pelos vícios de qualidade que tornem impróprios os bens de consumo. A inexistência de assistências técnicas na cidade não exclui a responsabilidade de todos os fornecedores de sanar o vício do produto. Assim, cabe ao lojista e ao fabricante resolverem o problema, ainda que por meio da substituição do produto viciado por outro.

4- Paguei a mais por uma garantia estendida de um computador. A vendedora me disse que cobria qualquer reparo e que haveria troca se apresentasse defeito. Infelizmente, não trocaram o produto. Eles devem me garantir um novo?
Primeiramente é importante esclarecer que, independentemente da garantia contratual ou da garantia estendida, tanto o fabricante quanto o comerciante são obrigados pelo CDC, na hipótese de vício do produto, a repararem o bem, promoverem a substituição ou concederem o abatimento, além da indenização por perdas e danos, conforme o caso. Por isso, no caso analisado, o consumidor tem direito, dentro da garantia legal, à reparação do produto no prazo de 30 dias. Não sendo o vício sanado nesse prazo, tem o consumidor o direito à substituição do produto ou à devolução dos valores pagos.

5- Vi uma propaganda na TV sobre um remédio para emagrecer. No anúncio dizia que eu iria emagrecer mesmo sem atividade física e comendo tudo o que estava acostumada. Usei por 2 meses e engordei. Esse tipo de publicidade é ilegal?
Um princípio fundamental que o CDC estabelece para a publicidade é que ela seja verdadeira. Assim, não são permitidas publicidades que contenham informações falsas para os consumidores, nos termos do Artigo 37, § 1º, que proíbe a publicidade enganosa.

6- Em uma loja de presentes, estava comprando alguns produtos com o valor de R$ 12,99 na etiqueta colada no produto. Ao passar no caixa, foi cobrado o valor de R$ 19,99. Qual valor devo pagar?
O consumidor tem direito a comprar os produtos pelo valor de R$ 12,99. De acordo com o Artigo 30 do CDC, toda a informação suficientemente precisa relava a produtos e serviços, quando divulgada por qualquer meio, vincula o fornecedor à oferta. Neste sendo, a regra do CDC é “prometeu, cumpriu”, tendo em vista que a oferta integra o contrato a ser celebrado. Se o fornecedor de produtos ou serviços se recusar cumprir a oferta, o consumidor poderá, nos termo do Artigo 35 do CDC, escolher entre exigir o cumprimento forçado da oferta, aceitar outro produto ou prestação de serviço equivalente, ou rescindir o contrato, com a restituição da quantia paga atualizada, sem prejuízo das perdas e danos.

7- Solicitei um empréstimo junto ao banco onde tenho conta corrente. O gerente informou que só concederia se eu adquirisse um seguro e um contrato de previdência. O banco pode me obrigar a isso?
Não. Tal prática é conhecida como venda casada, uma prática abusiva e ilegal segundo o CDC (Artigo 39, I). A chamada venda casada praticada pelo banco ficou configurada quando condicionou o consumidor a contratar os serviços de seguro e previdência em troca do empréstimo. Também a Lei nº 12.529 define a venda casada como infração à ordem econômica (Artigo 36, §3º, inciso XVIII). Nesses casos, é importante que o órgão administrativo, além de aplicar as sanções administravas cabíveis, encaminhe para o Ministério Público para que promova a ação penal.

8- Recebi a conta telefônica com uma cobrança de ligação interurbana duplicada do mês anterior. Solicitei o reembolso, porém, apesar das promessas da empresa, ainda não me reembolsaram. Quanto devo receber?
Em se tratando de cobrança indevida, como é o caso, tem o consumidor o direito a receber duas vezes o valor cobrado a mais, nos termos do Artigo 42, parágrafo único, do CDC, bastando apenas demonstrar que o valor cobrado foi divergente do que realmente foi devido. Caso o SAC ou a ouvidoria da empresa não resolva o problema do consumidor, este deve procurar um órgão de defesa do consumidor ou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para buscar a devolução dos valores devidos.

Fonte: Agência Brasil 


Grupo de empresários de Piratuba sugere mudanças no Plano Diretor

setembro 11, 2019 0
Um grupo de empresários de Piratuba está trabalhando para propor mudanças no novo Plano Diretor do município que está sendo elaborado pela Prefeitura de Piratuba.  Os empresários já realizaram duas reuniões em agosto na sede da Construtora Velho Casarão, com o objetivo de definir uma proposta, que será apresentada ao Executivo. Autoridades foram convidadas, mas não compareceram.

Eles relatam preocupação com alguns apontamentos do estudo técnico que está sendo elaborado pelo Consórcio CIMCatarina, responsável pelo projeto, e discutido nas audiências públicas. As principais reivindicações referem-se ao aumento do número de pavimentos dos edifícios, a importância da verticalização e expansão da cidade, e a utilização de condomínios residenciais.

Para o empresário Carlos Nédio da Silva essa é a hora de fazer as mudanças para a modernização da cidade. “A verticalização da cidade é necessária, bem como, o aumento de pavimentos nos edifícios. No caso da Avenida 18 de Fevereiro, hoje o plano permite sete pavimentos e a proposta do poder público é que permaneça assim. Nós sugerimos que o número passe para 12, o que seria comercialmente mais viável e adequado para nossa realidade”, explicou.

O aumento do perímetro urbano é outra reivindicação unânime do grupo de empresários. “Teríamos que ampliar a área do perímetro urbano para oferecer mais espaço para as construções. Nossa ideia é que esse novo traçado comece na Linha Serraria, contornando para a região do Alto Gramado, chegando até o Pinheiro em Arroio Bonito, unindo o Acesso Sul. Dessa forma, conseguimos também contemplar os condomínios residenciais, uma novidade que aquece o mercado imobiliário, gerando muitos negócios”, detalhou.

Ainda de acordo com o grupo de empresários, a empresa que faz o estudo técnico não demonstrou interesse na questão do aumento do número de pavimentos e na expansão urbana. “Nós sabemos que um estudo técnico está sendo desenvolvido pela empresa responsável pela reformulação do Plano Diretor, mas nós conhecemos a realidade de Piratuba, as possibilidades de negócios. Precisamos desenvolver uma economia global, em que todos ganhem, construção civil, comércio, hotéis e todos os piratubenses. O Plano Diretor precisa incentivar o crescimento e não frear, como parece que está acontecendo”, argumenta Nédio.

Os empresários, que já participaram de algumas audiências, procuraram as autoridades municipais, prefeito e presidente da Câmara, para rediscutir essas questões apontadas. “Marcamos uma reunião no dia 19, protocolamos ofícios solicitando a presença das autoridades, mas ninguém compareceu. Nossa luta continua. Sabemos o que é melhor para o povo piratubense e vamos em busca dessas mudanças”, finalizou Nédio.

O que diz a CIMCATARINA:
O Jornal Comunidade fez contato com diretor de Gestão de Desenvolvimento Regional, Gustavo Marcondes, solicitando respostas sobre algumas questões levantadas pelo grupo de empresários. Ele disse que passaria as questões para a equipe de trabalho. Até o fechamento desta edição, na terça-feira ao meio dia, o Jornal não recebeu nenhuma nota.

O que diz a Prefeitura:
A Prefeitura de Piratuba entende como positivo o interesse de setores da construção civil do município, buscarem articulação sobre suas demandas em reuniões privadas. Reitera, no entanto, que o espaço democrático e pluralista para os avanços no campo das ideias que concorrem para instrumentalização do Plano Diretor de Piratuba, são as Audiências Públicas, as quais cumprem os ritos oficiais previstos em lei, paritários a todos os municípios brasileiros.

Fonte: Geferson Schreiner - Jornal Comunidade


Casos de cédulas falsificadas ocorridos em Capinzal e Piratuba são enviados à Polícia Federal

setembro 11, 2019 0
Capinzal – A Polícia Civil registrou nos últimos dias casos de falsificação de cédulas de R$ 50 e R$ 100 nos municípios de Capinzal e Piratuba. O suposto derramamento de dinheiro falso no comércio está deixando em alerta os comerciantes da região.

Conforme a delegada de polícia da comarca de Capinzal, Fernanda Gehlen da Silva, nos casos ocorridos em Capinzal e Piratuba não foi possível identificar os autores, uma vez que as vítimas perceberam a falsificação somente depois que os suspeitos já tinham saído do local e as vítimas não recordavam das pessoas que tinham feito a entrega do dinheiro falso.

“É uma falsificação razoavelmente boa, apta a engar, a ludibriar, o que dificulta a identificação por parte das pessoas”, comenta. A delegada faz um alerta às pessoas, principalmente comerciantes, para que fiquem atentos e se possível façam a comparação com alguma cédula autêntica, ou, na dúvida, neguem o recebimento e acionem a polícia”, orienta.

Fernanda Gehlen da Silva ressalta que o crime de moeda falsa é de competência da Justiça Federal, por isso, os casos registrados na Polícia Civil, incluindo a apreensão das cédulas falsificadas, são encaminhados para a Polícia Federal, que é quem faz a apuração.

A intenção é a identificação dos suspeitos. “À medida que vão sendo registradas, são encaminhadas para a Polícia Federal”, conclui.

Abordagem de suspeitos

Por volta das 16h15min desta terça-feira (10) a Polícia Militar foi acionada para ir até a Rua Maria Odete Parizotto, bairro São Cristóvão, para abordagem de três suspeitos que, segundo informações, estariam repassando notas de dinheiro falsas. A guarnição fez a abordagem, mas não foi encontrado nada de ilícito com eles. Diante disso foi feito o boletim de ocorrência e liberados os abordados.

Saiba identificar cédulas falsas

Todas as notas de real verdadeiras têm elementos de segurança que permitem checar se elas são autênticas. Esses elementos são diferentes entre as notas antigas, de 1994, e nas notas mais recentes, de 2010. Veja como identificar se uma nota é verdadeira ou falsa, em cada uma das famílias de notas:

Nas notas de 1994 e de 2010
1. A marca d´água

Ao segurar a nota contra a luz, você observa figuras na área clara e lisa da cédula, em tons claros e escuros. O desenho é como se fosse uma marca d´água.

2. O papel

A cédula é impressa em um papel que tem uma textura mais firme e áspera do que um papel comum.

3. O relevo

Ao tocar na nota, dá para sentir um relevo em algumas áreas, como na legenda “República Federativa do Brasil” e nos numerais que indicam o valor da cédula.

Nas notas de 2010
1. O número escondido

Em um lugar com bastante luz, se você colocar a nota na altura dos olhos, na posição horizontal, você verá um número escondido ao lado direito da cédula.

2. O quebra-cabeça formado pela frente e pelo verso

Ao colocar a nota contra a luz, você verá que o desenho do verso completa o desenho da frente, formando um número, em uma espécie de quebra cabeça.

3. Os elementos fluorescentes

Se você olhar para as notas com uma luz ultravioleta, verá que os números do verso mudam de cor e que dá para enxergar fios da cor lilás, que só podem ser vistos com esse tipo de iluminação.

4. As microimpressões

Com uma lente de aumento, você pode ver o valor da nota impresso em tamanho muito pequeno em várias áreas da cédula.

Nas notas de 1994
1. A sigla BC

Ao observar a frente da cédula, no canto inferior esquerdo, dá para ver a sigla BC.

2. O símbolo das Armas Nacionais

A estrela do símbolo das Armas Nacionais aparece nos dois lados da cédula. Ao olhar a nota contra a luz, o desenho impresso de um lado se ajusta exatamente ao desenho do outro lado.

Fonte: Michel Teixeira
Imagem: Ilustrativa


terça-feira, 10 de setembro de 2019

Bombeiros combatem incêndio em vegetação na SC 467, entre Capinzal e Zortéa

setembro 10, 2019 0
O Corpo de Bombeiros atendeu ocorrência de incêndio em vegetação no final da tarde desta terça-feira, dia 10, às margens da SC 467, entre Capinzal e Zortéa.

Foi por volta das 17h25min, próximo ao Loteamento Recanto dos Pássaros. O foto destruiu cerca de 100 metros de vegetação média.

Foram utilizados cerca de 300 litros d’água para debelar as chamas e deixar o local em segurança.  

Fonte: Rádio Capinzal


Internet das Coisas: saiba como essa tecnologia pode afetar sua vida

setembro 10, 2019 0


Internet das Coisas. Embora mais conhecido entre técnicos, empresas e pesquisadores, o termo vem ganhando visibilidade na sociedade. As coisas, neste caso, são todo tipo de equipamento que pode ser conectado de distintas formas, de um caminhão para acompanhamento do deslocamento de frotas de transporte de produtos a microssensores que monitoram o estado de pacientes à distância em hospitais ou fora deles.
Na Internet das Coisas (IdC) - também tratada pela sigla em inglês IoT (Internet of Things) - novas aplicações permitem o uso coordenado e inteligente de aparelhos para controlar diversas atividades, do monitoramento com câmeras e sensores até a gestão de espaços e de processos produtivos. As regras para este ambiente tratam tanto da conexão como da coleta e processamento inteligente de dados.
O ecossistema da IdC envolve diferentes agentes e processos, como módulos inteligentes (processadores, memórias), objetos inteligentes (eletrodomésticos, carros, equipamentos de automação em fábricas), serviços de conectividade (prestação do acesso à Internet ou redes privadas que conectam esses dispositivos), habilitadores (sistemas de controle, coleta e processamento dos dados e comandos envolvendo os objetos), integradores (sistemas que combinam aplicações, processos e dispositivos) e provedores dos serviços de IdC.

Evolução

Segundo o economista do setor de tecnologias da informação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Eduardo Kaplan, a IdC poderia ser entendida como uma “convergência” de tecnologias já existentes, mas gerando o que o especialista chama de um salto qualitativo.
“A IdC traz mudanças tanto no desenvolvimento de uma conectividade mais pervasiva quanto no aumento do processamento dos dados e barateamento e refinamento dos sensores que permitem a coleta de dados em diversos ambientes e com diferentes atuadores. Tudo isso associado a alguma solução prática, algum uso que permite aumento de eficiência, redução de intervenção humana, novos produtos ou novos modelos de negócios”, explica.
O presidente da Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc), Flávio Maeda, pontua que a IdC não é uma tecnologia nova, mas um novo sistema de soluções técnicas. “A gente está tratando o tema em geral como se fosse uma continuação da revolução da internet, a Internet 4.0. As coisas vão ficar conectadas e isso tem grandes implicações”, assinala.

Mais coisas conectadas

Na mesma linha, o executivo de Watson da IBM América Latina, Carlos Tunes, lembra que a conectividade em diversas atividades já ocorre há vários anos, como é o caso de processos de automação, mas a diferença da IdC seria a quantidade de dispositivos e as transformações que esse tipo de recurso pode gerar em diversas áreas.
O advento da IdC é que hoje a gente tem muito mais coisas conectadas do que tínhamos no passado. Agora temos desde um relógio, máquina de lavar. IdC acabou tendo uma pulverização deste tipo de sensoriamento e traz isso a um novo nível. Antes tinha número limitado de dados e com frequência grande. Agora tem quantidade maior de dados numa frequência quase que online, o que permite uma tomada de decisão instantânea”, comenta.
Um exemplo é o uso de sensores em tratores que medem a situação do solo e enviam dados para sistemas responsáveis por processar essas informações e fazer sugestões das melhores áreas ou momentos para o plantio. Outro é a adoção de dispositivos em casa, como termômetros, reguladores de consumo de energia ou gestores de eletrodomésticos, que permitem ao morador da residência controlar esses equipamentos à distância.

Máquina a máquina

O diretor de inovação do centro especializado em tecnologia CPQD, Paulo Curado, destaca que uma das diferenças desse novo ecossistema é a capacidade de conectar máquinas que passam a se comunicarem e, com isso, gerar uma forma mais complexa de monitoramento, coleta e análise de informações e tomada de decisões a partir destas, inclusive de maneira automatizada.
“IdC é quando você pega sua agenda e coloca compromisso. E aí eu pego meu relógio conectado, estou dentro do Waze [app de mobilidade]. Se ocorrer um acidente, o Waze vai me acionar pois preciso acordar mais cedo. Isso sem a interferência de ninguém. Quando as coisas começam a conversar, conectadas à internet, a gente fala em Internet das coisas. Isso muda bastante”, exemplifica.
“Qual é a grande diferença do conceito de Internet das Coisas? Quando tem diversas soluções envolvendo a comunicação máquina a máquina. Quando há soluções integradas numa rede única, onde publicam informações delas e consomem de outras, aí estamos falando de IdC”, acrescenta o coordenador de projetos de cidades inteligentes do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), Fred Trindade.

Mas...

Para a professora coordenadora do Medialab da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fernanda Bruno, esse novo ecossistema traz uma ampliação da vigilância da vida das pessoas, que hoje já existente nos smartphones, mas com potencial de crescimento por meio da disseminação de sensores em todo tipo de equipamento, como veículos, eletrodomésticos, postes e edifícios.
Mas esse processo, continua a professora, não é apenas um aumento quantitativo desse monitoramento do cotidiano, mas também qualitativo, uma vez que a captura dos dados é mais sutil e silenciosa, muitas vezes sem a consciência por parte dos indivíduos de que estão sendo objeto de tal monitoramento.
“Enquanto a Internet ‘tradicional’ foi marcada pela interatividade, a IdC está incorporada aos objetos e captura os nossos dados enquanto usamos tais objetos ou frequentamos certos espaços e ambientes. Mas é preocupante pensarmos que quantidades imensas de dados extremamente relevantes e sensíveis sobre nossos hábitos e comportamentos estão sendo coletados de forma contínua sem que seja necessária a nossa percepção e consciência deliberada disso”, observa Fernanda Bruno. 


Peritiba realiza Desfile Cívico em comemoração ao Dia da Independência

setembro 10, 2019 0
O dia da Independência foi marcado por respeito e amor à pátria em Peritiba. As escolas, a diretoria de Cultura e o CRAS organizaram o desfile, que contou com a presença de alunos, professores, pais e grupos do Município. Também participaram do desfile, os jovens que prestaram compromisso à bandeira nacional, dispensados do Serviço Militar inicial obrigatório.

Ao final do desfile foram executados os hinos da Independência, do Brasil e de Peritiba. O Hino Nacional foi interpretado pelos alunos das oficinas de música, com a participação especial de Mara Regina Hermes Petter e dos professores Maiquer e Rafael. Já o Hino de Peritiba, foi cantado pelo Coral infantil, conduzidos pelo professor maestro Anderson Schrank e a maestrina Verônica Dametto. “Desejamos que as comemorações alusivas ao 7 de setembro possam despertar em nossos corações a busca por mudança, onde cada indivíduo desperte para fazer a diferença em sua casa, em seu bairro, em seu trabalho, criando assim, uma onda de transformações em nossa sociedade”, relatou a secretária de Educação, Luana Carolina Schardong.


Ipira encaminha mais 20 voluntários ao Hemosc de Joaçaba

setembro 10, 2019 0
A Secretaria de Saúde de Ipira encaminhou na última sexta- feira (06), mais 20 voluntários ao HEMOSC de Joaçaba para a doação de sangue. Durante o ano a Secretaria realiza três encaminhamentos de pessoas para doação ao Hemosc.


Candidatos a conselheiros tutelares são apresentados

setembro 10, 2019 0
Na noite de quinta-feira, dia 05, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescentes – COMDICA, a comissão de eleição do Conselho Tutelar e a Administração apresentaram  os candidatos ao cargo de conselheiro tutelar aos munícipes Ipirenses.

Realizado no Espaço Cultural, o evento foi para que a população conhecesse os sete candidatos para que possam escolher quem melhor representar os interesses de cada cidadão. Os candidatos, Débora Jussara Köhler, Jhonata Rafael de Aguiar Duarte, Marilene Pereira de Aguiar, Maristela da Silva, Melânia Dambroz Hoffmann da Silva Angeli, Naiara Chaves de Andrade e Vanessa Crislei da Silva Ubiali, tiveram três minutos para apresentar suas propostas de trabalho.

A eleição acontecerá no dia 06 de outubro das 08h às 17h, junto à Escola Carlos Fries e toda população Ipirense está convidada a participar, ressaltando que apenas um candidato poderá ser escolhido. Para votar é necessário apresentar, título de eleitor, carteira de identidade ou outro documento equivalente com foto e ter transferido o título de eleitor há mais de três meses do pleito. O processo de eleição respeita parte dos trâmites de uma eleição comum, onde são proibidas algumas práticas como: comprar votos, transportar eleitores, distribuir camisetas, bonés, ou se comprometer em resolver uma dada situação de uma família ou indivíduo.

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Carlos Evelásio Kaster, ressalta que os conselheiros tutelares são pessoas que agem como porta vozes das suas respectivas comunidades e atuam junto a outros órgãos e entidades para assegurar os direitos das crianças e dos adolescentes. “Contamos com a participação da comunidade para que compareça no dia da votação e escolham os cinco membros que irão compor o Conselho Tutelar, os quais irão atender e assegurar os direitos das nossas crianças e adolescentes pelos próximos quatro anos”, destaca.


Prefeitura de Capinzal irá realizar Leilão Público nesta quinta-feira

setembro 10, 2019 0
A Administração Municipal de Capinzal irá realizar no próximo dia 12 de Setembro, a partir das 9h, na Câmara de Vereadores de Capinzal, Leilão Público de Bens móveis e imóveis conforme Processo Licitatório nº 0137/2019. Confira a Relação dos Bens e valores dos lances iniciais:

Lote
Descrição do Bem
Valor Mínimo Venda

1
TRATOR DE PNEUS
Marca/Modelo: FORD 6630 nº 002 Série ED001
Chassi: 239912 - Ano: 1993/1993

R$ 18.000,00

2
ENSILADEIRA DE FORRAGEM
Marca: Cremasco - 4 Rolos, 12 Facas, Afiador Alta Precisão c/ Pedra Giratória, Brava 300N 7579/7580 - nº 50 - Ano: 2013/2013

R$  800,00


3
GRADE NIVELADORA
Marca: Hidra Tatu - 32 Discos 32x22x4 S 794/5708 - nº 18 - Ano: 2003/2003

R$ 4.000,00

4
ADUBADEIRA SEMEADORA
Marca: Cremasco - Capacidade CG 600Kg - nº 45 - Ano: 2012/2012

R$ 1.000,00

5
CARRETA AGRÍCOLA
Marca: Vencedora -Md. B970 - nº 17
Ano: 2006/2006

R$ 1.500,00

6
CARRETA AGRÍCOLA
Marca: Triton -  Capacidade 5T – Roda Aro16 nº 40 - Ano: --


R$ 3.000,00

7
ADUBADEIRA SEMEADORA
Marca: Cremasco - Capacidade 600Kg - nº 46
Ano: 2012/2012

R$ 700,00

8
CAMINHÃO BOMBEIRO
Marca/Modelo: Ford Cargo 1415 Diesel
158CV Cor: Vermelho- Chassi: 9BFXTNCF0VDB69821 - Placa: MAD3409
Renavam: 698924118- Ano: 1997/1997


R$ 25.000,00


9

RETROESCAVADEIRA
Marca/Modelo: JCB 3C Traçado 4x4
Motor Scout Nat – Pot. Bruta 85- Chassi: 9B9214T44CBDT4934 - Motor: AS 320/40337U0605112 - Renavam: 514000
Ano: 2012/2012


R$ 60.000,00

10
RETROESCAVADEIRA
Marca/Modelo: JCB 3C Plus
Série: 1395744 -  Chassi: 9B9214T049BDT4744- Motor: 141TC89755957E - Ano: 2009/2009


R$ 40.000,00

    11

ONIBUS LBB7515
Marca: Mercedes Benz OF 1620
42 Passageiros - Placa: LBB7515 - Chassi: 9BM384087TB095797 - ANO: 1996/1996

R$ 18.000,00

13
BORA
Marca: Volkswagen - Placa: MFB5858
Cor: Preta - Chassi: 3VWSH49M48M617650
Renavam: 594705495 - Ano: 2007/2008

R$ 15.000,00

14
Placa: MKQ2729
Cor: Branca - Chassi: 9BWDB45UXET156203
Ano: 2013/2014

R$ 25.000,00


17
PNEUS USADOS DE CAMINHÃO,
NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM
Lote c/ 45 Pneus Aro 1000x20; - Lote c/ 22 Pneus Aro 275x20x22,5; - Lote c/ 04 Pneus Aro 900x20.


R$ 400,00
18
PNEUS USADOS DE MÁQUINAS,
NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM
Lote c/ 33 Pneus Aro 1400x24; - Lote c/ 02 Pneus Aro 17x25; - Lote c/ 01 Pneu Aro 215x75x7.5; - Lote c/ 01 Pneu Aro 750x16.


R$ 400,00

19
PNEUS USADOS DE TRATOR,
NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM
Lote c/ 01 Pneu Aro 225x80x18.

R$ 400,00






20
PNEUS USADOS DE AUTOMÓVEIS,
NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM
Lote c/ 03 Pneus Aro 215x75x17.5;
Lote c/ 04 Pneus Aro 235x55x15;
Lote c/ 11 Pneus Aro 205x70x15;
Lote c/ 21 Pneus Aro 205x75x16;
Lote c/ 07 Pneus Aro 225x75x16;
Lote c/ 07 Pneus Aro 225x65x16;
Lote c/ 12 Pneus Aro 185x65x15;
Lote c/ 07 Pneus Aro 195x55x15;
Lote c/ 04 Pneus Aro 195x75x16;
Lote c/ 33 Pneus Aro 185x60x14;
Lote c/ 04 Pneus Aro 2045x55x16;
Lote c/ 18 Pneus Aro 175x70x14;
Lote c/ 21 Pneus Aro 175x70x13;
Lote c/ 05 Pneus Aro 185x65x14;
Lote c/ 02 Pneus Aro 195x65x15;
Lote c/ 01 Pneu Aro 185x14.






R$ 400,00

21
DISTRIBUIDOR DE ADUBO LÍQUIDO
Marca/Modelo: DAOL/MEPEL
1993 - S. 119362 - nº 34

R$5.000,00


22
DISTRIBUIDOR DE ADUBO LÍQUIDO
Marca/Modelo: Triton od. DEL
Cap. 4000lts – S. 2211 - c/ bomba lobular mang. Carga de 15” com 5,5mts canhão lateral bico aspersor leque - esguicho de 1,5” rodado duplo aro 16 – nº 47


R$ 4.000,00

23
SPACE FOX
Marca/Modelo: Volkswagen - Placa: mgi8288
Cor: Vermelha-Chassi: 8AWPB45Z99BA507539
Renavam: 232702896 - Ano: 2010/2011

R$ 20.000,00

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE - CNPJ: 05.029.092/0001-56

Lote
Descrição do Bem
Valor Mínimo Venda

12
GOL 1.6 POWER
Marca: Volkswagen - Placa: MGY1800
Cor: Branca - Chassi: 9BWCB05X55PO40835
Renavam: 845640640 - Ano: 2004/2005

R$5.000,00

15
MICROONIBUS
Marca/Modelo: Citroen Jumper M33M 23S
Placa: MKX4129 - Cor: Branca
Chassi: 935ZBWMMBE2127872 - Renavam: 595757952 - Ano: 2013/2014

R$20.000,00

16
GOL 1.0
Marca/Modelo: Volkswagen - Placa: MGJ1025
Cor: Branca - Chassi: 9BWAAO5U59T244905
Renavam: 153103183 - Ano: 2009/2009


R$8.000,00

Bens Imóveis


Lote
Descrição do Bem
Valor Mínimo Venda


 1
Terreno rural de cultura, com área de 231.166,00m² (duzentos e trinta e um mil, cento  e sessenta e seis metros quadrados), situado no Distrito de Alto Alegre, neste  município,  de  propriedade  do  Município  deCapinzal, registrado no Ofício de Registro de Imóveisdo Município de Capinzal sob a matrícula nº 8.722,Livro 2AH, Fls. 266.

       
     R$ 573.138,84           



Ruas de acesso são pavimentadas em nova etapa de asfaltamento em Piratuba

setembro 10, 2019 0
Uma nova etapa de pavimentação asfáltica teve início na segunda-feira, dia 09, em Piratuba. As obras que estão associadas à revitalização da Rua Boa Vista e Rua das Flores, já tiveram a etapa de passeio concluído e agora passam a receber cobertura asfáltica.

Entre os principais pontos está a Rua Paraná, no trecho entre a Avenida 18 de Fevereiro e a Rua Paraíba. Outras duas ligações entre a Rua Boa Vista e a Rua das Flores também receberam pavimentação. São as Ruas Campos Novos e Caxias, na região alta da cidade.

Segundo o secretário de Cidade, Joelson Medeiros, o objetivo é concluir com brevidade áreas íngremes, para em seguida dar início à pavimentação da Rua das Flores e prosseguir com o asfaltamento da Rua Boa Vista, iniciado no período de recesso escolar.

A recomendação é para que os motoristas estejam atentos com as obras ao longo da semana e operação de máquinas pesadas na região alta da cidade. O investimento total é de cerca de R$ 2 milhões.