sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Prefeito de Luzerna é primeiro de Santa Catarina a se filiar no PSL

"Primeiro de muitos, pois o PSL é o partido que mais cresce em Santa Catarina, nos últimos meses". Esta foi a frase que registrou a comemoração do Presidente do Partido Social Liberal (PSL) de Santa Catarina e único candidato de Bolsonaro ao Senado, Lucas Esmeraldino, com a filiação do primeiro prefeito ao partido. 
Moisés Diersmann, prefeito de Luzerna, embarcou na onda Bolsonaro, assinando ficha de filiação na última quarta-feira (03), no Clube Hervalense, em Herval d'Oeste. A cidade foi a escolhida para a formalização do ingresso de Diersmann por contar, inicialmente, com a executiva municipal do partido, que tem como presidente, Adair Ceron. 
"Estou me filiando ao PSL, o partido de Jair Bolsonaro, pelos princípios que o time vem defendendo, que são as mesmas bandeiras e ideais que nós pautamos na administração em Luzerna, como honestidade, transparência, verdade e justiça, assim como está levando, hoje, milhões de pessoas a acreditar que o Brasil não pode ser pautado na corrupção, na propina e no desvio do recurso público. Isso tem que ser deixado para trás. Nós não podemos mais permitir que isso continue sendo visto nos governos", destaca o prefeito Diersmann. 
  Segundo Esmeraldino, o prefeito de Luzerna é o primeiro de muitos outros que já estão se encaminhando à filiação ao PSL/SC. "Para nós é uma conquista. Foram um pouco mais de cinco meses de muito trabalho, constituindo nossas executivas municipais por todo o Estado, formando um grande exército de líderes, em busca da mudança e de uma forma diferente de fazer política. Tenho certeza que após as eleições esta musculatura só vai crescer ainda mais, levando sempre à frente os valores morais, éticos e familiares. O objetivo da sigla é romper com tudo o que, há anos, impede que o nosso país se desenvolva e corresponda ao sonho de seus cidadãos", frisa Lucas Esmeraldino. 
  Na reta final do primeiro turno das eleições, tanto Esmeraldino quanto Comandante Moisés, receberam a notícia com grande comemoração. "O que vemos nas ruas e no grande engajamento de nossas redes sociais, não condiz com as pesquisas de intenção de voto. E a chegada do prefeito de Luzerna ao partido é mais uma prova de que o povo realmente quer o novo, quer uma verdadeira mudança, uma sociedade livre, cidadãos autônomos, um governo eficiente com atribuições limitadas, poder descentralizado, maior autonomia aos municípios e engajamento da sociedade civil", finaliza o postulante ao cargo de Senador e presidente do PSL/SC. 
Fonte: Mariane Lidorio

Nenhum comentário:

Postar um comentário