segunda-feira, 22 de abril de 2019

Educação e APP da escola Amélia investem no melhoramento das câmeras de segurança

O sistema de videomonitoramento em tempo real de salas de aula e repartições coletivas da Escola Amélia Poletto Hepp, que atende cerca de 600 estudantes do ensino fundamental, recebeu considerável melhoria. Ele existe desde 2010.

Além dos 32 pontos que já existiam, outras 16 câmeras foram instaladas, inclusive na frente da escola, que hoje não possui mais o monitoramento das câmeras da Policia Militar, que fazem parte do sistema Piratuba Digital.

Segundo a secretária de Educação de Piratuba, Magrid Auler, os investimentos são superiores à R$ 20.000,00. “Esta é uma resposta firme às famílias que tem filhos atendidos por nossas unidades, na certeza de que nada que aconteça no ambiente escolar passe por despercebido de nosso olhar. Nas próximas semanas devemos construir uma cerca entre a lateral do ginásio e o término do muro da escola Amélia Poletto Hepp”, destacou.

A Associação de Pais e Professores – APP da escola, por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola - (PDDE), custeou os serviços de instalação. “Já tínhamos discutido esse assunto com a diretoria da APP e consideramos que esse investimento se fazia necessário. Pais me procuraram, principalmente depois daquela onda de boatos de ataque na escola, e então decidimos ser parceiros. Um investimento necessário para segurança”, contou o presidente da APP, Juliano Cowacicz.

Outra instituição que também passou por reaparelhamento da estrutura monitoramento recentemente foi a Escola Infantil Passinho Inicial. A próxima etapa do projeto prevê a licitação para instalação dos sistemas nas unidades escolares da zona rural.


Nenhum comentário:

Postar um comentário