quinta-feira, 16 de maio de 2019

Casa da memória realiza exposição sobre o farmacêutico Hugo Riffel

Objetos pessoais, condecorações e obras literárias fazem parte do acervo exibido no memorial

Por: Ernoy Mattiello – Ascom & Marketing

As fotos marcam uma trajetória de notável sucesso pessoal e profissional. Evidenciam um homem que dedicou a vida à saúde, cultivando a amizade como marca de um legado memorável.

Natural de Ipira, o farmacêutico Hugo Nicolau Riffel, nasceu em maio de 1928, na que região que na época se integrava ao território de Piratuba, cidade que escolheu para viver e atuar profissionalmente, depois de se formar em Farmácia em 1956, pela Faculdade de Farmácia e Odontologia em Florianópolis, capital do estado.

De notável presença social, Dr. Hugo, como era conhecido, foi vereador piratubense, lecionou várias disciplinas em diversos colégios da região, além de integrar clubes de serviço e manifestar profunda admiração pelo esporte. Da paixão pelo xadrez e o futebol, criou seu primeiro livro, que o levou ao conceito de pensador e palestrante, defensor de teorias associativas entre os gramados e o tabuleiro. Na farmácia Piratuba, exerceu a profissão por 46 anos, até o dia em que decidiu aposentar-se.

A vida e obra de Hugo Nicolau Riffel, agora pode ser conhecida na exposição inaugurada nesta quarta-feira (15), na Casa da Memória. A inauguração da mostra contou com a presença da família. Dona Ladi Schreder Riffel, viúva de Dr. Hugo, emocionou-se ao acompanhar o ato de abertura da exposição. O evento também contou com a presença do bancário Herculano Riffel, filho do farmacêutico homenageado. O ex-prefeito piratubense Elídio Riffel e a superintendente da Fundação de Cultura Simara T. Petri, também participaram do momento, criado pela professora Clarice Conrad Riffel, curadora do espaço.

Segundo a superintendente, o momento coincide com a Semana Nacional dos Museus, que tem como data célebre, comemorada em todo o país no dia 18 de maio, pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A ação integra o planejamento da curadoria, que apropria-se da mostra para promover a Casa da memória, como espaço de reflexão e valorização da cultura histórica de Piratuba.

A Casa da memória está com visitações abertas ao público das 07h30 às 17h, com intervalo para o almoço entre 11h45 e 13h00. O espaço é livre para todos os públicos e de graça, sem necessidade de agendamento prévio.

A exposição da vida obra do farmacêutico Hugo Nicolau Riffel deve permanecer disponível pelas próximas semanas.





Nenhum comentário:

Postar um comentário