quarta-feira, 5 de junho de 2019

Professores e alunos de Ipira conhecem a cultura da Angola

Um projeto da Educação de Ipira busca oportunizar aos alunos um conhecimento que aliasse a teoria à prática. Através de uma conversa com Adriana Kaster, natural de Ipira, residente hoje no país da Angola que surgiu a ideia de desenvolver o projeto "Ipira e Angola juntos pela Educação - Um intercâmbio de saberes". 
Após relatos de Adriana sobre a comunidade onde ela atuou como voluntária, surgiu a ideia de abordar os diferentes tipos de cultura dentro do contexto escolar, com cor, raça e crenças religiosas.  
As professoras Michelly Kaster, Ozaide Linhares, Rejane Starck, Adreane Starck e Cleusa Reichert, da Escola Hedi Klein Matzenbacher de Ipira buscaram alternativas para desenvolver métodos que fossem mais eficazes para que o projeto colocado em prática na busca de resultados positivos. 
Foram realizadas algumas atividades, como por exemplo, pesquisa sobre os costumes e culturas existentes na África; fotos e outros materiais de mídia sobre o tema, produção (trocas) de desenhos, e cartas com a escola Angolana, arrecadação de alguns materiais como lápis de cor e de escrever, borracha, canetas; livros de histórias infantis, rodas musicais (ludicidade) e brincadeiras folclóricas brasileiras. 
Essas atividades ampliaram os limites da escola, o horizonte dos alunos para novas realidades, tornando-os cidadãos conhecedores de outras vivências, valorizando assim a cultura na qual estão inseridos, interação entre escolas (Brasil/Angola), possibilitando a construção da valorização e do respeito às diferentes culturas existentes no mundo.
Fonte: Cidiane Pedrussi 

Nenhum comentário:

Postar um comentário