sábado, 26 de outubro de 2019

Para Sopelsa decisão sobre ICMS reconhece importância dos pequenos frigoríficos

O deputado Moacir Sopelsa (MDB), que liderou diversas reuniões com o secretário da Fazenda e o setor produtivo, comemora a decisão anunciada pelo governo que voltou atrás e decidiu manter a alíquota de ICMS para carnes de frango e suínos produzidas e vendidas dentro do Estado em 7% (na revisão dos benefícios fiscais, a secretaria da Fazenda tinha elevado para 12% a alíquota das carnes).

Recentemente o parlamentar esteve reunido com o secretário Paulo Eli, reforçando a importância dos pequenos frigoríficos na produção e na geração de emprego e renda em Santa Catarina. “A medida que está sendo tomada de manter a alíquota como era antes é muito importante, na medida que reconhece a importância dos pequenas frigoríficos. Gostaria de agradecer, ao secretário e ao governo, em nome de toda a cadeia produtiva”, declara.

O parlamentar destaca que havia alertado o governo de que teríamos uma invasão de produtos do Rio Grande do Sul e do Paraná com preços mais baixos em função dos produtores catarinense estarem pagando 12% de ICMS. “A decisão de retomar a alíquota anterior de 7% valoriza os produtores catarinenses e devolve a competitividade aos nossos produtos que estavam perdendo mercado em função de que o aumento do ICMS também aumentou o preço da produção catarinense de carnes”, pontua.

Santa Catarina tem cerca de 250 pequenos frigoríficos que geram inúmeros empregos e ajudam no fortalecimento da economia de Santa Catarina.


Nenhum comentário:

Postar um comentário