segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Moradora de Capinzal tem cartão de crédito clonado e prejuízo de despesas fraudulentas

Uma moradora de Capinzal teve o cartão de crédito clonado. Ela disse que percebeu nesta segunda-feira, dia 09, ter sido lesada após verificar três despesas de compras as quais ela não fez. Uma referente a uma agência de turismo com sede em Gramado (RS) e outras duas no Ifood (empresa que atua no ramo de entrega de comida pela internet). O total de gastos foi de R$ 430, mas o limite da vítima era de R$ 18 mil.

De acordo com as informações do site Michel Teixeira, após tomar conhecimento do fato a mulher imediatamente entrou em contato com a operadora do cartão de crédito exigindo o cancelamento, providência que foi executada. A moradora comenta que o cancelamento ocorreu porque no mesmo dia de uma das despesas apareceu no sistema uma compra feita pela titular do cartão realizada em um supermercado de Capinzal, ou seja, não era compatível a distância e o horário nos dois locais.

A mulher diz ainda que acompanha frequentemente a movimentação financeira de sua conta através de aplicativo pelo celular, em que as despesas das compras apareciam com o uso do chip do cartão. Já as compras fraudulentas ocorreram online, ou seja, sem o cartão. A moradora afirma estar indignada com o ocorrido, bem como com o transtorno gerado e alerta as pessoas para que tenham cuidado para não enfrentar situação como a que ela passou.

Informações: Michel Teixeira




Nenhum comentário:

Postar um comentário