terça-feira, 14 de abril de 2020

Vigilância Sanitária orienta lojistas e empresários da hotelaria sobre reabertura de estabelecimentos em Piratuba

Equipe de fiscalização circulou pelo comércio local tirando dúvidas e repassando informações 

O setor de Vigilância Sanitária da Prefeitura de Piratuba iniciou a semana visitando estabelecimentos comerciais e seguimentos ligados aos hotéis, bares e restaurantes. De acordo com o fiscal Soeliton de Oliveira, o motivo da circulação pelo setor de bens e serviços, é instruir empresários sobre as regras que devem ser seguidas por hotéis, pousadas, albergues, restaurantes, cafés, bares, lanchonetes, comércio de rua e afins, que estão autorizados a funcionar desde segunda-feira, dia 13.

As medidas estão previstas em uma portaria, publicada pelo Governo do Estado no domingo. O documento foi elaborado pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), criado para o enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus, e publicados na edição deste domingo do Diário Oficial do Estado.

Segundo o setor de Vigilância Sanitária, entre as obrigações comuns a todos os estabelecimentos com funcionamento autorizado estão o uso de máscaras por parte de todos os funcionários, inclusive os que não tenham contato com o público, priorização de afastamento sem prejuízo de salário dos trabalhadores com mais de 60 anos, hipertensos, diabéticos, gestantes e imunodeprimidos e medidas de higienização e prevenção ao contágio.


Confira as regras para os hotéis, pousadas, albergues e afins:

Somente 50% da capacidade total de hospedagem pode ser utilizada;

Devem disponibilizar álcool gel para uso dos clientes na recepção, nas portas dos elevadores e nos corredores de acesso aos quartos;

Os serviços de alimentação localizados dentro das hospedagens poderão atender aos hóspedes somente em serviço de quarto;

As áreas sociais e de convivência deverão permanecer fechadas;

O serviço de governança deverá intensificar a higienização dos quartos e banheiros com desinfecção das superfícies com álcool 70% ou sanitizantes de efeito similar, além da limpeza de rotina.

Ao final da estadia do hóspede, deverá ser realizada limpeza e desinfecção completa do quarto e superfícies, antes da entrada de novo hóspede.

Todos os trabalhadores deverão usar máscaras de tecido não tecido (TNT) ou tecido de algodão durante todo seu turno de serviço, independentemente de estarem em contato direto com o público.

Ernoy Mattiello



Nenhum comentário:

Postar um comentário