quinta-feira, 2 de julho de 2020

Usina Machadinho volta a operar depois de 108 dias

Depois de um período de paralisação devido à seca que afetou o nível de água do reservatório, a Usina Hidrelétrica Machadinho Carlos Ermírio de Moraes voltou a gerar energia na segunda-feira, dia 29 de junho. Foram 108 dias de parada, um fato inédito em mais de 18 anos de operação.

Nos últimos meses, a bacia do rio Uruguai, assim como toda região sul do país, passou por uma seca severa, que impactou na quantidade de água disponível para a geração nas usinas hidrelétricas em geral. Em virtude disso a Usina Machadinho teve a geração interrompida no dia 13 de março.

A suspensão e a retomada da produção de energia das usinas brasileiras são determinadas pelo Operador Nacional do Sistema - ONS. Quanto ao abastecimento de energia, este faz parte de um sistema interligado, onde as usinas que estão em bacias hidrográficas com situação mais favorável, geram para compensar a falta de produção daquelas que estão em paradas, garantindo o fornecimento de energia.

Com as chuvas recentes na região e aumento do nível de armazenamento de água, na manhã de segunda-feira houve o retorno da produção de energia. O volume atual do reservatório ainda não está normalizado, ficando abaixo dos 50%.

Para saber mais sobre a Usina Hidrelétrica Machadinho acesse o novo site do Consórcio: www.machadinho.com.br.

Ana Paula Roncaglio Spudeit



Nenhum comentário:

Postar um comentário