sexta-feira, 20 de novembro de 2020

SES notifica hospitais por desativação de leitos de UTI Covid

Os hospitais de Santa Catarina deverão manter em funcionamento todos os leitos de UTI Covid para a população. Para garantir tal atendimento, a Secretaria de Estado da Saúde realizou um levantamento sobre a situação dos leitos nas unidades do estado que demonstrou que um déficit de 232 leitos de UTI. Os hospitais estão sendo notificados e tal documentação enviada ao Ministério Público.

O secretário André Motta Ribeiro informou que a SES deu a garantia de custeio para os leitos de UTI Covid e que os mesmos devem permanecer ativados pelas unidades. Através das ações da governadora Daniela Reinehr junto ao Ministério da Saúde, aliado ao engajamento do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), a SES vem buscando a habilitação de mais leitos no estado.

“Estamos falando há várias semanas que através dos recursos das portarias 1666 e 774 será garantido o funcionamento desses leitos de UTI”, destaca. “Há a garantia de custeio e por isso estamos levantando onde e por quê leitos foram desativados. Os recursos já foram repassados aos municípios para o enfrentamento e para os hospitais”.

Os hospitais catarinenses estão recebendo os recursos do teto máximo da Política Hospitalar Catarinense durante o período de pandemia. Além disso, Santa Catarina recebeu R$ 72,4 milhões do Governo Federal para ações de enfrentamento à pandemia, por meio das portarias 1666 (R$ 28 milhões) e 774 (R$ 44,3 milhões).

Os repasses representam um valor per capita de R$ 10,11. Saiba quanto cada município recebeu para o enfrentamento à pandemia através do link http://www.coronavirus.sc.gov.br/recursos-para-municipios/

Algumas localidades receberam recursos que representam valores per capita que variam de R$ 106,99 a R$ 267,61.

Confira o deficit de leitos por região. Clique aqui.

Fonte: Fabrício Escandiuzzi



Nenhum comentário:

Postar um comentário