quarta-feira, 24 de março de 2021

Vereadora Janete manifesta preocupação com produção de milho no município de Ipira

“A situação é bem mais difícil e preocupante do que se pensa”, iniciou falando a vereadora Janete da Mota (PT) na sessão da Câmara do dia 23 de março. “Sou agricultora e falo com propriedade do momento que nossa classe está vivendo. A estiagem nos prejudicou ano passado e esse ano. Agora ainda temos o agravamento da situação com a cigarrinha. O milho está virado só em palha!”, lamentou. 


Janete registrou o fato do trator usado pela associação da comunidade de Linha São Luiz estar com problemas. “Sabemos que a máquina quebrou de novo e a situação está sendo resolvida. Porém, a silagem não espera. Cada semana perdida é prejuízo para os agricultores e consequentemente para os cofres do município”. 


De acordo com Janete, o operador da associação tentou mais ajuda com o setor da agricultora do município, mas que não foi suficiente. “Nosso operador conseguiu uma máquina apenas por um dia. Muito pouco! Até faço um apelo aos colegas vereadores que peçam ao prefeito e ao secretário para nos ajudar.  Agricultores da comunidade estão se ajudando também, porém, as máquinas não têm a força necessária para o trabalho. Também sabemos que muitos estão pagando o serviço particular, que não é barato, mesmo sabendo que essa silagem não terá o mesmo resultado no trato dos animais por causa da qualidade do milho".


A vereadora, com apoio da casa legislativa, encaminhou uma moção de apoio ao governo estadual, pedindo ajuda para os agricultores. 


O vereador Orlei Ostjen (PL), que também é agricultor, concordou que a situação está difícil para todos. “Temos cinco associações no município. Temos mais um trator que estragou, outro dedicado para puxar água porque o caminhão também estragou. Realmente, está complicado. Mas precisamos nos ajudar”. 


Ipira possuiu em vigência, desde 2020, um decreto de situação de emergência devido a estiagem. Uma reunião na segunda-feira, dia 22, com a defesa civil municipal, Epagri e prefeitura, começou a definir ações para tentar amenizar a situação.


Rede social



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Procure sua notícia