terça-feira, 27 de abril de 2021

Polícia Civil indicia três pessoas pelo crime de violação de sepultura no interior de Capinzal

Três jovens foram indiciados pela Polícia Civil por violação de sepultura e subtração do crânio de um cadáver. O inquérito policial aberto para apurar o fato, que foi constatado em um cemitério do interior de Capinzal, no dia 1º de fevereiro deste ano, foi encerrado na segunda-feira, dia 26.

Através da investigação que iniciou na época do fato, foi possível colher provas suficientes para constatar a autoria de três jovens, moradores de Zortéa. Em cumprimento a mandados de busca domiciliar na residência deles, foram apreendidos um tabuleiro ouija, velas pretas, vermelhas, que eram utilizadas para a realização de cultos e rituais, que também utilizavam crânios humanos. 

Em interrogatório, dois dos jovens confirmaram que estavam no cemitério, e que também realizaram ritual com o tabuleiro ouija e um crânio humano. Eles atribuíram um ao outro a prática das condutas, excluindo-se da participação. O terceiro negou envolvimento, porém, foi apontado pelos outros dois como coautor.

Em junho de 2020, um fato semelhante aconteceu em um cemitério de outra localidade. A suspeita é que são os mesmos autores, porém, não foi possível produzir prova suficiente para responsabiliza-los.

Informações: Rádio Barriga Verde

Foto: Polícia Civil


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Procure sua notícia

Mais acessadas