sexta-feira, 12 de abril de 2019

Mulher recebe voz de prisão após desacatar policiais militares em Capinzal

Por volta das 02h desta sexta-feira (12) a guarnição da Polícia Militar efetuava abordagem próxima à subestação da CELESC, quando em frente a um bar, pôde ser ouvido uma feminina gritando com mais alguns que estavam por ali. Ela apresentava nervosismo e muito irritada voltou suas palavras contra a guarnição policial.

A mulher desferiu palavras o qual caracterizava o crime de desacato como "esses policinhas de m* ali, pra mim são uns lixos são uns nadas, se fossem alguma coisa não seriam policiais esses m*, seus filhos da p*...".

De imediato a guarnição PM deslocou até em frente ao local dos fatos e diante das palavras proferidas foi dado voz de prisão para a autora dos fatos que foi identifica como R. A. Z. L.

A feminina apresentava visível estado de embriaguez, estava muito alterada, exalava odor etílico e agressividade, a todo o momento repetia todas as palavras para os policiais e ao receber voz de prisão resistiu, sendo necessário utilizar força necessária para conter a autora. Dentro da viatura ela ameaçou os militares dizendo “Se vocês me prender vão ver, eu tenho meus contatos, vai morrer, eu tenho meus contatos", palavras essas que eram intercaladas com chutes no compartimento da viatura policial.

Diante da recusa de assinatura do Termo Circunstanciado e da forma alterada como se apresentava foi entregue a autora na Delegacia de Polícia Civil de Joaçaba. No local não foi possível ouvir testemunhas, pois com a ação da autora todos saíram do local.

Fonte; Rádio Capinzal


Nenhum comentário:

Postar um comentário