sexta-feira, 5 de julho de 2019

Escola Municipal Ernesto Hachmann sediou a "11ª Mostra Científica verde é vida Afubra"

Nesta quarta-feira (03), a Escola Municipal Ernesto Hachmann sediou a “11ª Mostra Científica Verde é Vida Afubra”, que ocorreu das 08h30min às 15h, tendo sido oferecido almoço para os participantes.

A escola participa do evento desde 2013, em parceria com a Associação Afubra (Associação dos Fumicultores do Brasil), e tem como maior objetivo desenvolver a educação socioambiental, visando à preservação do ambiente, educação no meio rural, sustentabilidade, diversificação e a valorização dos agricultores.

Os trabalhos que participam da 1ª fase de seleção, abrangem instituições de ensino de toda região, como as de Água Doce, Treze Tílias, Luzerna, Joaçaba, Herval do Oeste e Capinzal.

Após serem julgados, 5 destes foram escolhidos e passaram para a 2ª fase para serem estudados mais a fundo, e após nova apresentação, 1 destes será selecionado para apresentação na exposição que será realizada na cidade de Santa Cruz do Sul, no início de 2020.

Este ano, a Escola Ernesto Hachmann apresentou 2 projetos de extrema relevância ambiental, sendo um deles sobre abelhas e sua taxa de mortalidade, e o outro a respeito de mexilhões dourados, responsáveis por danos expressivos ao meio ambiente. Ambos os trabalhos estão entre os 5 selecionados para a 2ª fase do concurso, que acontecerá em Joaçaba no mês de Setembro.


História do Projeto

A Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) atua no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, desde 1955. O principal propósito da entidade é oferecer aos associados o auxílio mútuo que protege as lavouras de tabaco das intempéries de granizo. A cultura é produzida em regiões com propriedades pequenas, muitas vezes, com a topografia acidentada. Além disso, anos atrás o acesso à tecnologia era escasso, tornando comum o uso inadequado dos recursos naturais (manejo incorreto do solo e da água, lixo e dejetos de animais, falta de reflorestamento e conservação das matas).

Ao perceber esse problema, a Afubra começou a trabalhar as primeiras campanhas de educação ambiental, em 1986, com a distribuição de mudas nativas, sensibilizando as comunidades da necessidade de preservação da natureza. Esses passos iniciais, tornaram as campanhas de educação ambiental em um projeto que já tem 26 anos de trajetória. Em 1991, é criado o Projeto Verde é Vida.

O objetivo do programa é desenvolver a educação socioambiental, visando a preservação do ambiente, educação no meio rural, sustentabilidade, diversificação e a valorização dos agricultores. O trabalho é realizado com palestras, pesquisa, experiências, programas de sensibilização ambiental (PSA) e de ação socioambiental (PASA), Coleta de Óleo Saturado; bolsa de sementes, grupos ambientais, trabalhos científicos, distribuição de mudas e material didático pedagógico. O Projeto Verde é Vida trabalha em parceria com municípios, escolas, alunos, professores e a comunidade escolar.


Fonte: Site Afubra


Para assistir a Apresentação da Fanfarra da Escola Municipal Ernesto Hachmann, clique no link: https://youtu.be/l5FoT2kfpYE

Fonte: ASCOM Capinzal








Nenhum comentário:

Postar um comentário