quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Estiagem prolongada já afeta setor agropecuário de Piratuba

Distribuição de água em caminhão pipa e reabertura de poços são alguns dos serviços priorizados para amenizar falta de água em propriedades rurais

A cena se repete em diversas propriedades rurais no interior de Piratuba. O gado se aproxima da fonte mas não consegue encontrar água suficiente para todo o rebanho. Este é o caso da propriedade do Seu Gilmar Colin, que fica na comunidade de Zonalta. O produtor tem cerca de 20 cabeças de gado e sofre com a estiagem prolongada.

Na propriedade de Seu Cesar Chiller, a situação se repete. Cerca de 140 cabeças de gado sofrem coma água escassa. O produtor começou o cultivo de morangos semi-hidropônicos com seu filho e a estiagem pode comprometer a produção.

Nesta semana uma comitiva formada pelo secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Leandro Borges da Silva, e pelo secretário de Obras e Infraestrutura Rural, Luíz Gomes, percorreram os pontos considerados mais críticos do interior de Piratuba.

Segundo a equipe, o carro pipa de abastecimento já começou a entregar água nas propriedades mais afetadas com a seca. “Estamos atendendo uma média de três famílias por dia, mas são centenas de propriedades que precisam de água para os animais. Diariamente conseguimos fazer chegar quatro cargas de água no interior, cerca de 16 mil litros, mas a demanda tende a aumentar”, afirma Luiz Gomes. Outra medida adotada pelo setor é a destinação de maquinário para atender exclusivamente as propriedades em que a reabertura ou limpeza das fontes ameniza o problema.

De acordo com o secretário Leandro Borges, nos próximos dias a Agricultura deve receber um tanque móvel para a distribuição de água com trator, o que deve melhorar o abastecimento rural, mas caso a estiagem se prolongue pelas próximas semanas, o setor estuda decretar situação de emergência: “Estamos concluindo um relatório conjunto entre as secretarias e nas próximas horas devemos acionar a defesa civil”, afirma Borges.

Fonte: Ernoy Mattiello


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Procure sua notícia

Mais acessadas