sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Polícia apreende armas, munições, balança de precisão e dinheiro na segunda fase da Operação Maratá

A Polícia Civil de Concórdia, através da DIC Fron, Divisão de Investigações Criminais, deflagrou nesta sexta-feira, dia 28, a segunda fase da “Operação Maratá”, que investiga crimes de tráfico de drogas na região. Os policias estiveram na comunidade de Linha Maratá, interior de Piratuba, e em duas casas no interior de Concórdia. Eles ainda visitaram duas residências no Bairro dos Estados, também em Concórdia. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e os agentes apreenderam R$ 16 mil, duas armas de fogo, munições, telefones celulares e balanças de precisão. Um homem foi preso.

De acordo com o delegado da Comarca de Concórdia, Álvaro Optiz, as investigações ainda terão sequência. “As diligências fazem parte da operação que apreendeu 273 quilos de maconha na última semana em Piratuba. Hoje, cumprimos mais quatro mandados de busca e apreensão e recolhemos todo esse material. Uma pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo”, detalhou. “Quanto ao dinheiro, a balança de precisão e os demais produtos, tudo está sendo inserido no inquérito para apuração de crime de associação criminosa”, explicou.

Ainda no dia 20 de agosto a Polícia Civil deflagrou a primeira fase da operação e apreendeu quase 300 quilos de maconha em Linha Maratá, Piratuba. Na oportunidade duas pessoas foram detidas e uma é suspeita de ter participado de homicídios ocorridos em março deste ano no Bairro Santa Rita, em Concórdia.

Fonte: Cristiano Mortari - Rádio Aliança


Nenhum comentário:

Postar um comentário