49 9 9113 9761

Mídia Integrada

Piratuba, Ipira, Capinzal, Ouro, Zortéa, Peritiba, Ipira





sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Polícia Civil de Herval d'Oeste realiza cinco prisões do dia 1º ao dia 11

Postado por:   Data: Pinterest

Cinco prisões foram efetuadas pela Polícia Civil de Herval d'Oeste, elas ocorreram do dia 1º ao dia 11 deste mês de dezembro. Além disto, duas armas de fogo também foram apreendidas neste período.

Em uma terça-feira, dia 1º, um homem de 33 anos foi preso por sentença definitiva, pelo crime de roubo. A prisão ocorreu no Bairro São Jorge, em Herval d'Oeste. 

Em uma quarta-feira, dia 02, um homem de 41 anos foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. O fato ocorreu em Erval Velho. Após os disparos relatados para a Polícia Militar, a Polícia Civil realizou buscas na residência do autor, com autorização da justiça, e localizou duas espingardas.

Em uma segunda-feira, dia 07, um homem de 25 anos foi preso preventivamente por violência doméstica contra a mulher. Ele foi indiciado pelos crimes de lesão corporal, cárcere privado, praticados contra a companheira no dia 26 de novembro deste ano. 

Na quinta-feira, dia 10, um homem de 50 anos foi preso por sentença definitiva, por lesão corporal em violência doméstica e familiar contra a mulher.

Nesta sexta-feira, dia 11, a Polícia Civil, juntamente com a Polícia Militar, deram cumprimento ao mandado de prisão do autor de disparo de arma de fogo, que ocorreu no dia 27 de outubro, na Rua São João, centro de Herval d'Oeste.

O homem, um brasileiro de 46 anos, desferiu um disparo de arma de fogo para impedir que um estrangeiro, de origem haitiana, adentrasse no imóvel, que fica ao lado da residência dele. Na diligência, os policiais civis, militares, foram ao local, mas o autor havia fugido e a arma não foi encontrada. 

No inquérito policial, instaurado para apurar os fatos, a Polícia Civil concluiu que o autor teria vendido um imóvel para a família estrangeira, mas, depois passou a impedir que acessassem o local, desobedecendo, inclusive, uma decisão judicial que reintegrava a posse para eles. 

No inquérito, já concluído, encaminhado para o Ministério Público, Poder Judiciário, o homem de 46 anos, foi indiciado pelos crimes de lesão corporal leve, disparo de arma de fogo, posse ilegal de arma de fogo e racismo. A arma usada no crime não foi encontrada.

Foto: Polícia Civil


Nenhum comentário:
Write Comments

Postagens mais visitadas

Portal Magronada - https://magronada.com.br