Ocorrências atendidas nas últimas 24 horas pela Polícia Militar em Capinzal - Magronada

Procure sua notícia

Ocorrências atendidas nas últimas 24 horas pela Polícia Militar em Capinzal

No domingo, dia 16, a Polícia Militar apreendeu 5,9 gramas de maconha, atendeu um acidente de trânsito, e prendeu um homem que agrediu a mulher. Os fatos ocorreram em Capinzal.

Por volta das 09h30, a Polícia Militar realizava rondas no Loteamento São Cristovão, quando visualizou dois homens parados em uma motocicleta em atitude suspeita. Com a passagem dos policiais, a motocicleta foi em direção ao centro de Capinzal, chamando ainda mais a atenção. Foi realizada a abordagem, e realizada a revista pessoal na dupla. Um deles relatou que estava com uma porção de 5,9 gramas de maconha na carteira. Um termo circunstanciado foi confeccionado e apreendido o entorpecente.

Por volta das 16h20, a Polícia Militar realizava rondas pelo centro de Capinzal, quando o condutor de uma VW/Parati 16V, ao visualizar a viatura, acelerou no intuito de despistar. Foi realizado o acompanhamento e a abordagem, porém, nada de ilícito foi encontrado com o motorista ou no interior do veículo. Em consulta ao sistema, foi constatado que o homem não é habilitado, além disto, o carro apresentava os pneus lisos. As autuações cabíveis foram feitas e o automóvel recolhido junto ao pátio do guincho credenciado. 

Por volta das 17h20, a Polícia Militar foi acionada para ir até o Hospital Nossa Senhora das Dores, em que um carro colidiu em uma ante-sala do atendimento da Covid-19. Foram constatados danos em portas e paredes. O condutor fugiu do local. 

Por volta das 20h, um homem foi até a Sede da Polícia Militar de Capinzal, querendo esclarecer alguns fatos envolvendo seu veículo e um possível acidente de trânsito no Hospital Nossa Senhora das Dores. Ele chegou em um Ford/Versailles 1.8 I GL, sem possuir habilitação, além disso, apresentava sinais leves de embriaguez. Foi oferecido o teste do bafômetro, porém, recusou. Foi feita a notificação de dirigir sem CNH e recusa do etilômetro. O carro foi liberado para um condutor habilitado.

Por volta das 20h30, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ameaça e vias de fato no âmbito doméstico, na Rua Dona Linda Santos.

Um casal estava dentro da residência em atrito verbal. Os policiais solicitaram para que abrissem a porta da residência, sendo acatado, foi constatado alguns sinais de embriaguez no homem. 

A mulher apresentava o psicológico abalado, nervosismo e lágrimas nos olhos. Ela relatou que foi agredida pelo companheiro com mordidas, tapas, socos, chutes, puxões de cabelo e que não aguentava mais viver nessa situação.

Por risco a integridade física da mulher e dos militares, o homem recebeu voz de prisão. Ambos foram conduzidos ao Hospital Nossa Senhora das Dores para atendimento médico. Eles foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.



Postagens mais visitadas

Wikipedia

Resultados da pesquisa