49 9 9113 9761

Mídia Integrada

Piratuba, Ipira, Capinzal, Ouro, Zortéa, Peritiba, Ipira







terça-feira, 24 de agosto de 2021

Tampinha do Bem: programa desenvolvido na APAE ajuda o meio ambiente e gera retorno à entidade

Postado por:   Data: Pinterest

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Ipira se destaca pelas suas ações criativas e importantes para arrecadar recursos que ajudem na manutenção das atividades. As mais conhecidas são o tradicional ‘Risoto no Tacho’, pedágio e venda de artesanatos. A mais recente tem por objetivo conseguir recursos financeiros e ainda, estimular a preservação do meio ambiente. 

Trata-se do programa ‘Tampinha do Bem’, onde tampas plásticas são comercializadas a uma empresa e o lucro revertido para a instituição que trabalha com portadores de necessidades especiais. Cartelas de remédios (blister) são coletadas e enviados ao Lions Club de Curitibanos, sem retorno financeiro.

De acordo com a professora Ana Paula Lovison Fischer, a iniciativa surgiu da troca de informações com uma profissional de um município vizinho onde o projeto já é realizado. A partir daí optou-se por desenvolver o programa também no município de Ipira. Ela conta que o projeto foi cadastrado e contemplado pela empresa Alcaplas, de Xanxerê, no oeste catarinense, e agora  está em fase de divulgação, inicialmente, apenas no âmbito municipal. 

“Neste ano decidimos por fazer somente em Ipira, mas em breve será estendido para os municípios vizinhos de Piratuba e Peritiba, os quais também são abrangidos pela unidade de educação especial. Interessados em contribuir podem levar os materiais até a APAE ou deixar em alguns pontos de coleta, como farmácias, postos de saúde e nas escolas. 

Uma entrega será feita em novembro. O valor arrecadado será revertido para a APAE para a aquisição de materiais. “A gente agradece o apoio de todos, pois queremos um meio ambiente menos poluído”, enfatiza Ana Paula. 

A diretora da APAE, professora Magrit Peri, explica que todas as turmas estão em andamento. “Ainda não houve o retorno integral, devido aos protocolos sanitários, tanto do estado quanto dos municípios”, comenta. A APAE, atualmente, conta com um total de 64 alunos matriculados. Desses, 38 estão no ensino presencial e o restante no sistema remoto.

“A gente segue as atividades da melhor maneira possível, sempre prezando pela saúde deles [alunos]. Devagar a gente vai voltando a fazer o que fazíamos. Nos próximos dias mais alunos deverão retomar as atividades presenciais e a gente está aqui sempre à disposição”, pontua a diretora.
A assistente social Cristiane Ambrósio Lenzi diz que a APAE é uma entidade certificada para trabalhar na área da Assistência Social. 

“A nossa contribuição para a sociedade enquanto instituição é com ações que promovem o bem para todos, incluindo meio ambiente”. Ela esclarece que a APAE é mantida por convênios - Estado e municípios - doações espontâneas e promoções realizadas. “Esse valor que será arrecadado também vai contribuir para as atividades da escola”, conclui. 

Programa

É uma ação da indústria de transformação de plásticos, incentivando o ciclo do plástico, o qual passará por todo o processo de reciclagem transformando-se em um novo produto. As instituições parceiras definem qual ação beneficente será contemplada com o valor da venda das tampinhas. As ações da empresa Alcaplas, em parceria com as instituições beneficentes, conta com o apoio do Sindicato da Indústria do Material Plástico e Artefatos de Borracha do Oeste Catarinense (Sindiplasc) e da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc).

Fonte: ASCOM



Nenhum comentário:
Write Comments

Postagens mais visitadas

Portal Magronada - https://magronada.com.br