49 9 9809 3455

49 9 9113 9761

Mídia Integrada

Piratuba, Ipira, Capinzal, Ouro, Zortéa, Peritiba, Alto Bela Vista






quinta-feira, 14 de julho de 2022

Mulher confessa ter matado homem em Piratuba

Postado por:   Data: Pinterest

A suspeita de matar Alexandre José Souza Oliveira de 33 anos se apresentou na Delegacia de Polícia Civil. Ela teve ajuda do ex-marido para desovar o cadáver na Linha Alto Santana, interior de Ipira. O corpo dele foi encontrado na tarde de terça-feira, dia 12, na comunidade.

A mulher procurou um escritório de advocacia para relatar o fato. A advogada entrou em contato com o delegado da Divisão de Investigação Criminal de Joaçaba, Andre Luis Cembranelli Barbeta, para relatar o ocorrido. Os policiais estiveram na Linha Alto Santana e encontraram o corpo de Alexandre na beira da estrada, jogado em uma lona plástica e com um cobertor. A Polícia Cientifica foi comunicada para recolher o cadáver para necrópsia.

Ainda não há um laudo definitivo, mas o delegado da comarca de Capinzal, Gilmar Antônio Bonamigo, conversou com o legista. O médico afirmou que Alexandre levou um golpe fatal de faca na altura do pescoço e cortou a veia aorta, o corpo dele também apresentava entre 40 a 50 golpes de faca, ferimentos superficiais.

A advogada solicitou para agendar um horário que a autora iria se apresentar na Delegacia de Polícia Civil. Na tarde de quarta-feira, dia 13, foi feito o interrogatório da suspeita. A mulher confessou a prática do homicídio e o crime aconteceu em um apartamento no centro de Piratuba.

No final da tarde de quarta-feira, dia 13, as Polícias Civil e Científica estiveram no apartamento para fazer o levantamento. Foi comprovado pela perícia que o crime aconteceu no imóvel.

Através das informações relatadas pela mulher, considerando que não teria força suficiente para tirar o corpo do apartamento, ela confessou que o ex-marido, pai do filho dela de seis anos, estava no imóvel, mas não participou do homicídio, porém ajudou a ocultar o cadáver. No primeiro momento, para evitar a exposição da cena à criança, que estava no apartamento, o corpo foi enrolado em um cobertor e levado até o box do banheiro. 

O relacionamento da discussão iniciou na terça-feira, dia 05, mas se estendeu até a madrugada. O homicídio teria acontecido na quarta-feira, dia 06, por volta das 04h. Na quinta-feira, dia 07, por volta da meia-noite, eles levaram o corpo e desovaram na Linha Alto Santana, interior de Ipira.

A mulher relatou que a motivação foi devido ao sofrimento psicológico, cárcere privado, ameaças de morte e ameaça contra o filho dela. Os fatos serão apurados pela Polícia Civil.

Nesta quinta-feira, dia 14, o homem, ex-marido da mulher, se apresentou na Delegacia de Polícia Civil, esclarecendo e confessando que colaborou na ocultação de cadáver, mas não participou do homicídio.

Bernardo Souza



Nenhum comentário:
Write Comments

Postagens mais visitadas

Portal Magronada - https://magronada.com.br